Santo Expedito: município anseia pela retomada do turismo

Turismo Religioso - JOSÉ COSTA

Data 25/05/2021
Horário 04:35
Foto: José Costa
Loja de lembranças da Igreja de Santo Expedito
Loja de lembranças da Igreja de Santo Expedito

Com o anúncio das revisões feitas pelo governo do Estado diminuindo as restrições em vários setores, inclusive em relação às missas presenciais, existe uma grande esperança de que tudo volte ao normal dentro em breve. Pelo menos essa expectativa reside na pequena cidade, que hoje é o único polo turístico religioso no MIT (Município de Interesse Turístico), na região de Presidente Prudente. O que os expeditenses querem, na verdade, é que os turistas voltem em massa à cidade, para visitas como romeiros, a fim de louvar o santo das causas urgentes.

Dois caminhos

O município de Santo Expedito foi fundado num dia 19 de abril e tem como seu padroeiro Santo Expedito, onde a igreja católica festeja o seu dia também no dia 19 de abril. Assim existem sempre duas alas de grande importância para se comemorar em dose dupla. Sempre existiu um trabalho em sintonia para as duas festas num mesmo período. Por um lado, uma dizendo respeito à parte cívica que fica sob o comando da municipalidade, e uma outra à parte religiosa comandada pelo padre Umberto e colaboradores.

Os mesmos objetivos

Uma das grandes vantagens que sempre existiu no município é o fato de que os dois grupos falam a mesma língua. Ambos querem o melhor para as festividades, tanto cívica quanto religiosa, e o desejo maior é que quanto mais gente visitar o município é sempre melhor. As programações são feitas por cada grupo, mas num trabalho conjunto, sem que uma atrapalhe a outra. O Conselho Municipal do Turismo fica à frente dessa programação, que geralmente se estende por até quatro dias e, não existe nenhuma ação festiva conflitante, entre a cívica e a religiosa.

Visitantes

Com esse trabalho unificado, a cidade já chegou a registrar, no período, cerca de 50 mil pessoas. A pequena Santo Expedito tem 3.150 habitantes, mas sempre se comportou com naturalidade frente a uma população flutuante quase 20 vezes maior que a sua. As duas comissões sempre trabalharam juntas para garantir estruturas para o grande número de visitantes, quando a sua maior parte chega para compromissos religiosos, de louvor ao santo, fazer seus pedidos e também agradecimentos por graças alcançadas.

Nada muda

O que se sabe realmente é que quando da conclusão da obra do santuário, que fica distante do centro da cidade, muitos fiéis estarão participando dos atos religiosos naquele local, ou mesmo podendo optar pela igreja que existe desde a fundação da cidade. Essa igreja deverá ser preferida também pelos romeiros e fiéis. No entanto, um dos pontos de encontro será a praça central, onde a administração pública municipal está dotando-a de toda estrutura para o conforto dos romeiros que aqui comparecerem, para seus tributos a Santo Expedito. Esse ponto está dentro do centro comercial da cidade, inclusive com a reorganização do comércio popular, que certamente estará passando por uma restruturação.

No santuário

O santuário também oferecerá apoio aos romeiros. Dentre alguns itens, terá berçário e lactário. Terá também cantinas para atender, em parte, os que não tiverem carros e optarem pelas frondosas árvores em frente ao espaço, evitando-se, assim, o percurso a pé. A cantina oferecerá o essencial para amenizar a fome de alguns fiéis, geralmente de outras cidades.

Lembranças

A lojinha que comercializa lembranças de Santo Expedito e outros produtos afetos ao catolicismo continua com bom movimento, mesmo em pandemia e com a redução do número de visitantes. Segundo se informa, todos os produtos são abençoados pelo padre Umberto, mas caso haja interesse e ele esteja no local, pode haver a benção especial, até mesmo para registros fotográficos.

Presença de romeiros

        Na igreja ou santuário
        Romeiros sempre presentes
        Pra agradecer ele que é:
        - Santo das causas urgentes.
                    (José Costa)

Veja também