Situação desesperadora

GRAZIELA FERNANDES

COLUNA - GRAZIELA FERNANDES

Data 30/05/2021
Horário 03:08

Assim definiu o prefeito Lucas Padovan Santos Pavani em manifestação pública ontem, sobre o avanço da Covid-19 em Pirapozinho. “Pior momento da pandemia na cidade. Temos 11 pessoas aguardando vaga no Cross [hospitais para internação], mais 11 no oxigênio, atendimento médio é de 90 pessoas/dia só Covid”, disse o chefe do Executivo. O prefeito chegou a encaminhar para a Câmara de Vereadores, na tarde desta sexta, a Lei Covid, com o objetivo de endurecer as medidas na tentativa de conter a disseminação da doença na cidade, mas retirou o projeto de apreciação da casa de leis. Ele disse ainda que, no início da semana, deve ampliar ferramentas de análise da situação para trazer medidas mais eficazes.

Sobre o projeto

O Projeto de Lei 33/2021 previa multas pelo descumprimento das medidas de prevenção e enfrentamento da Covid-19, causou polêmicas antes mesmo de seguir para votação. As multas variavam de R$ 400 até R$ 5 mil, a mais pesada punição para organizadores de festas clandestinas ou quaisquer eventos com aglomerações. Quem fosse flagrado pela fiscalização em evento também arcaria com multa de R$ 300. Segundo manifestação do prefeito em redes sociais, justificando a retirada do projeto, o momento agora é de união e não de confusão. Agora é esperar as novas medidas que serão adotadas para a questão.

Profissionais relatam drama

Carlos Dinallo, enfermeiro do pronto-socorro da cidade, relatou a rotina diária dos profissionais na única unidade para cuidados de pacientes com a doença em Pirapozinho. “O número de pacientes graves e de consumo de oxigênio aumentou muito. Temos feito melhorias, mas o que mais me preocupa é a falta de respeito dos jovens nas ruas, fumando narguilé todo mundo junto”, desabafa Dinallo. A diretora de Saúde, Patricia Zonzini, disse que, sem dúvida, foi a pior semana vivenciada pelas autoridades e profissionais de saúde da cidade. “Hoje não basta ter orçamento para aquisição de medicamentos, insumos. As empresas vencedoras do processo de licitação não têm medicação. Não temos o que fazer”, conta. Cabe consciência de cada morador da cidade neste momento. Pela vida das pessoas que já estão sob cuidados médicos e, principalmente, para conter o avanço da doença no município, que vive um caos. Deus cuide de nossa cidade.

Mutirão de limpeza

Amanhã começa o Mutirão da Limpeza nos bairros Santa Rosa, Campo Largo e Novo Horizonte. A Prefeitura pede que a população aproveite o fim de semana para separar os itens que deseja descartar para a coleta, que seguirá até 2 de junho.

Escorpião

Os agentes do Departamento de Controle de Endemias realizam busca noturna por escorpião em vários pontos de Pirapozinho. A medida é parte do controle e prevenção de acidentes com este aracnídeo, principalmente após registro de demanda dos moradores. De acordo com o chefe do setor, André Martins, “nosso município é reconhecido como referência na busca ativa de escorpiões. Nessa ação noturna, os agentes atuam em equipe, utilizando luvas grossas, botas, pinças e lanternas de luz negra, pois os escorpiões brilham quando expostos a essas lâmpadas", explicou.

População também deve ajudar

Cabe à população realizar algumas medidas para evitar a proliferação de escorpiões em zonas urbanas, como manter a tampa dos ralos internos na posição fechada, abrir apenas para limpeza e enquanto estiver em uso ou colocar telas milimétricas nos ralos. Também é preciso vedar frestas nos muros, paredes, pisos, soleira de portas. Evitar também acumular entulho e material de construção no quintal. Ambiente limpo e organizado é importante para evitar os escorpiões.

Veja também