Som na Linha: incentivo à música autoral em Prudente

Coletivo realiza, de hoje a sexta, pelo YouTube, o festival Diversonorilive, com artistas de diversos estilos, em sua maioria autônomos, que tiveram suas rendas impactadas com a pandemia

VARIEDADES - ROBERTO KAWASAKI

Data 13/12/2020
Horário 08:30
Foto: Marcel Sacheti/Cedida
Programação foi dividida em 4 etapas, em que se apresentam um total de 24 artistas ou grupos
Programação foi dividida em 4 etapas, em que se apresentam um total de 24 artistas ou grupos

Há pouco mais de dois anos, o coletivo Som na Linha desenvolve atividades em Presidente Prudente, a fim de divulgar os trabalhos musicais de artistas da cidade e também da região. A ideia surgiu pela falta de espaço para apresentações com sons autorais, que não se limitem apenas a covers em formato acústico – cenário que coloca em decadência as produções locais. “Tem muita gente fazendo música”, afirma Rafael Batalini Costa, idealizador do coletivo.  
Ele conta que há alguns anos ainda havia casas de shows em Prudente, mas que com o passar do tempo, as mesmas foram diminuindo e, em bares noturnos, por exemplo, o som das bandas foram trocados por acústicos de canções que já estão no mercado. “Existe a necessidade de divulgar trabalhos autorais, músicas novas, dar oportunidade a compositores, não apenas executando, mas criando”, explica. Rafael ainda lembra da dificuldade de expandir o trabalho de quem está começando. “É tudo muito restrito. No mundo inteiro é difícil dar espaço para quem está começando, construir sua personalidade, expressar”. 

“É TUDO MUITO RESTRITO. NO MUNDO INTEIRO É DIFÍCIL DAR ESPAÇO PARA QUEM ESTÁ COMEÇANDO, CONSTRUIR SUA PERSONALIDADE, EXPRESSAR”
Rafael Batalini Costa

Dentro do coletivo Som na Linha, há uma reunião dos mais diversos estilos musicais – mistura que permite a interação entre compositores, cantores e músicos. A ideia do projeto é fazer toda a parte da produção de um show, contato com a mídia e divulgação, além da construção de uma identidade gráfica para os artistas, o que permite o pontapé na carreira. “As primeiras edições [apresentações] ocorriam na linha do trem, atrás do Galpão da Lua. Acendíamos uma fogueira, ligávamos equipamentos e, com o passar do tempo, começamos a circular a cidade, ganhando novos palcos”, afirma Rafael. “Convidamos o artista para escolher o espaço público para realizar a música dele”. 
A descentralização das apresentações permite levar música aos bairros periféricos, o que para Rafael é uma forma de construir junto ao público a cultura de “apreciar a arte”. Junto com os shows vieram as feiras da economia solidária, que em cinco edições reuniram artesãos de diversas áreas, vestuário e perfumaria. “Depois de mais ou menos um ano e meio levando esse pessoal para dentro do coletivo, construímos o festival Diversonoridade”, explica. 

Festivais na internet

O Diversonoridade reuniu mais de 30 grupos em quatro edições: duas em Prudente, uma em Assis (SP). A mais recente ocorreu de maneira virtual, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura da cidade – o Diversonorilive. “O festival não tem estilos definidos, ele une os mundos”, salienta Rafael. Inclusive, de hoje a sexta-feira, dia 18, o coletivo cultural transmitirá através de suas redes sociais mais uma etapa do Diversonoridade, primeiro festival de música autoral da história do oeste paulista.
Com recursos captados pela Lei Aldir Blanc, contemplará dezenas de profissionais da classe artística, em sua maioria autônomos, que tiveram suas rendas impactadas com a pandemia. A programação do festival foi dividida em quatro etapas, em que se apresentam um total de 24 artistas ou grupos. Cada etapa é diluída ao longo da semana, com uma apresentação por dia. Os shows serão transmitidos do Espaço Laje do Centro Cultural Matarazzo, no canal do YouTube Som Na Linha. A primeira etapa trará as bandas prudentinas Reverso, Karburalcool, Kinoglass, Negreen The Creator, O Fruto e Level Beat.

SERVIÇO
Festival Diversonorilive - 1ª etapa
Data: de 13 a 18 de dezembro
Horário: a partir das 20h, ao vivo pelo canal do YouTube Som Na Linha.
(https://www.youtube.com/channel/UCPL1H5te692pHQP36iqzTmw)

PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA
Domingo 13/12
20h - Reverso

Segunda-feira 14/12
20h - Karburalcool

Terça-feira 15/12
20h - Kinoglass

Quarta-feira 16/12
20h - Negreen The Creator

Quinta-feira 17/12
20h - O Fruto

Sexta-feira 18/12
20h - Level Beat

Foto: Vitor Greter

Banda Reverso inicia a primeira remessa de shows, a partir das 20h deste domingo

Foto: Gasalucinação

Level Beat faz o encerramento da primeira fase, no dia 18

Veja também