Sul-Americano: 5 atletas da APA competem pela seleção brasileira

Campeonato Sub-23 de Atletismo em outubro, em Guayaquil, no Equador, terá Deisiane Teixeira, Maria Victoria, Gabriel Boza, Eron Maciel e Giovana Rosália

Esportes - OSLAINE SILVA

Data 22/09/2021
Horário 06:05
Foto: Wagner Carmo / CBAt
Maria Victoria compete nos 400m e no revezamento 4x400m
Maria Victoria compete nos 400m e no revezamento 4x400m

Cinco atletas da APA (Associação Prudentina de Atletismo) são convocados para compor a seleção brasileira que estará no Campeonato Sul-Americano Sub-23 de Atletismo, nos dias 16 e 17 de outubro, em Guayaquil, no Equador. É Presidente Prudente transformando as vidas das suas crianças e seus jovens! A CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) ainda não se pronunciou quanto à convocação dos treinadores.
Nas provas individuais: Deisiane Teixeira (arremesso de dardo), Victória Belo de Sena (400m), Gabriel Luiz Boza (salto em distância) e Eron Maciel de Araújo (salto em altura). Na prova de revezamento 4x400m, Maria Victoria e Giovana Rosália dos Santos.
A reportagem falou com Maria Victoria, que disse estar muito feliz em mais uma vez poder integrar a seleção brasileira e voltar ao Equador, onde ela participou do Campeonato Sul-Americano Adulto. 
“Estou muito feliz em representar meu país de novo. Estou com uma expectativa muito boa. O objetivo dessa competição é melhorar a minha marca, que possamos trazer bons resultados, medalhas para o Brasil e assim ter uma boa competição. Estamos treinando pra isso, mesmo com um ano turbulento, com a Covid-19, lesões que enfrentei, agora que estou voltando a competir fazendo minhas melhores marcas. Espero mais uma vez fazer uma melhor que a anterior”, destacou a atleta.
Um dos técnicos da equipe, Cremilson Julião Rodrigues, o Montanha, conta que ficou sabendo da notícia quando estava saindo do avião, chegando a Bragança Paulista (SP), onde ele está com a delegação que vai para o Campeonato Sul-americano de Atletismo Sub-18, em Encarnación, no Paraguai, nos dias 24, 25 e 26 de setembro.
“Não deixa de ser uma surpresa, mas quando vi que tinha cinco crias nossa, parece clichê, mas não tem outra coisa a dizer senão de que isso é a certeza de que estamos no caminho certo. E isso nos deixa muito felizes, principalmente porque são todos atletas muito jovens e com chances reais de estarem numa próxima Olimpíada, com fé em Deus”.

Um menino que ainda vai longe

A sensação de felicidade também é compartilhada pelo atleta do salto em distância que vem fazendo bonito por onde passa. Gabriel Boza, 18 anos, que no Campeonato Brasileiro Loterias Caixa realizado em 4 de setembro no CNDA (Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo), em Bragança Paulista, simplesmente saltou 8,04 m, marca que tornou-se o novo recorde brasileiro e Sul-Americano Sub-20. Ele comenta que ficou muito, muito feliz mesmo, até porque é um dos mais novos que vai para o Equador e mesmo assim está liderando o ranking sul-americano da categoria, no caso acima da dele. Enquanto ele vai enfrentar atletas de 20, 21 até 22, ele tem 18. 
“Isso é até incrível de se pensar, sabe? Pela marca que eu fiz também, que hoje em dia não é algo que todo mundo está fazendo. Estou muito feliz porque vou viajar com medalhistas olímpicos, vais ser uma experiência muito bacana”, destaca Boza. 
Sobre a expectativa, ele explica que por ser uma competição que não tem obrigação de medalhar, de subir no pódio, por ser uma categoria acima da dele, vai chegar mais tranquilo, sem pressão pra atingir nenhuma marca. “Isso vai me deixar mais solto e pode até fazer com que eu melhore ainda mais minha marca. Quem sabe?! Mas também vai depender muito do clima, da altitude, da minha adaptação ao país”, salienta o jovem atleta.

Dificuldades e oportunidades

Inaldo Justino de Sena, treinador de Giovana e Maria Victória, a qual também é sua filha, diz que fica feliz cada vez que vê um atleta da APA sendo convocado para a seleção brasileira, pois isso significa resultado de muito trabalho, de muito empenho.
“Não é fácil o dia a dia dos atletas. São várias as dificuldades, mas não podemos ver apenas elas, mas também as oportunidades. E com muita vontade e dedicação, eles têm dado o seu melhor. A recompensa chega quando há dedicação e vontade. São muito bons esses atletas!”, orgulha-se o treinador Inaldo.

Fotos: Wagner Carmo / CBAt

Gabriel Boza, com apenas 18, vai enfrentar atletas de 20 a 22 anos


Eron Maciel é o menino do salto em altura, voa Eronzinho!

Foto: Matias Santana 

Giovana Rosália participa da prova do revezamento 4x400m

Foto: Cedida

Deisiane Teixeira é a atleta do arremesso de dardo

Veja também