Tem início hoje fórum de engenharia e desenvolvimento regional

Encontro, que se estenderá até amanhã, visa discutir os desafios da gestão de resíduos sólidos para as cidades, buscando soluções para um futuro mais sustentável

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 27/08/2021
Horário 06:35
Foto: Arquivo/Secult
Fórum será realizado hoje e amanhã no Matarazzo
Fórum será realizado hoje e amanhã no Matarazzo

Presidente Prudente sedia hoje e amanhã o 1º Fórum de Engenharia e Desenvolvimento Regional 2021, que tem o objetivo de discutir os desafios da gestão de resíduos sólidos para as cidades modernas, buscando soluções para um futuro mais sustentável para sociedade. O encontro é uma iniciativa do Creas-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo), junto com a AEAAPP (Associação de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Presidente Prudente) e o Instituto Transforma. O fórum ocorrerá no Centro Cultural Matarazzo, seguindo todos os protocolos de segurança e higiene, mas também poderá ser acompanhado de forma online. 
O presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Presidente Prudente, Ronaldo Florentino dos Santos, explica que o Crea-SP atua com o propósito de ajudar o desenvolvimento e o crescimento do país, sobretudo auxiliando os órgãos públicos. Desta forma, o tema escolhido para a primeira edição do fórum discutirá a gestão de resíduos sólidos nos municípios e a necessidade de trazer propostas para o assunto como forma de dar luz a um futuro mais sustentável. 
“Hoje, temos um problema muito sério em relação à gestão de resíduos sólidos, que vem sendo enfrentado pelas esferas estadual, federal e municipal, ou seja, é um problema que assola o meio ambiente e a vida pública em geral”, explica Ronaldo. “No fórum, discutiremos os caminhos e soluções técnicas das boas práticas de engenharia, inovação tecnológica e responsabilidade social para aplicação na nossa região”, acrescenta.
Com o Fórum de Engenharia e Desenvolvimento Regional, os gestores públicos terão acesso aos projetos desenvolvidos no âmbito do reaproveitamento de resíduos sólidos e seus benefícios, como reciclagem, geração de energia, e criação de novos empregos. Além disso, contarão com apoio sobre os mecanismos para elaborar e contratar os serviços via licitação. 

Desafio das cidades

Conforme noticiado por este diário, o presidente do Crea-SP, engenheiro Vinicius Marchese, destaca também o papel da área tecnológica em criar os recursos necessários para solucionar o desafio das cidades. “A área tecnológica está no centro da questão do saneamento básico, juntamente com a gestão e a capacitação, para a elaboração de estratégias que abranjam a sustentabilidade em nível ambiental, econômico e social. O Crea-SP atua como disseminador de boas iniciativas para auxiliar os gestores municipais a ficarem em conformidade com a legislação”, afirma.
Para o conselheiro do Instituto Transforma e presidente da Transforma Energia, Felipe Barroso, o fórum fornece os instrumentos necessários para que os gestores públicos possam dar a destinação adequada aos resíduos sólidos, atendendo aos dispositivos legais do Marco Legal do Saneamento Básico. “A Transforma entra com uma tecnologia de aproveitamento e destinação dos resíduos, e queremos expor essas alternativas para que prefeitos tenham ações efetivas para esse problema que é iminente. O que a Transforma traz de novidade é a resolução do dano ambiental ao deixar de poluir e reaproveitar os resíduos para que sejam utilizados menos recursos naturais”, enfatiza.
O 1° Fórum de Engenharia e Desenvolvimento Regional é uma iniciativa do Crea-SP, junto com a Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Presidente Prudente e o Instituto Transforma. O encontro também conta com apoio institucional da Amnap (Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista), FCT/Unesp (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista), IPEEA (Instituto Paulista de Entidades de Engenharia e Agronomia), Mútua – SP e da Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema). 

SERVIÇO
Para participar presencialmente do evento, basta se inscrever no site www.creasp.org.br/forumedg e levar 1kg de alimento não perecível ou um pacote de fralda geriátrica. O Fórum de Engenharia e Desenvolvimento Regional será no Centro Cultural Matarazzo, que fica localizado na Rua Quintino Bocaiúva, 749, Vila Marcondes, em Presidente Prudente, e seguirá todos os protocolos de segurança e higiene. O encontro também poderá ser acompanhado de forma online. As vagas são limitadas.

PROGRAMAÇÃO DO FÓRUM

HOJE
- 18h Credenciamento 
- 19h30 – Palco de honra/Painel de Abertura

AMANHÃ
- 9h – Recepção
- 9h30 – Case Instituto Transforma: Responsabilidade Social no Tratamento dos Resíduos Sólidos
- 10h30 – Intervalo
- 11h – Panorama Regional Unesp - Parcerias para a Educação Ambiental
- 12h – Almoço
- 13h30 – Painel: Responsabilidade Legal e Penalidades
- 14h30 – Discussão e painel de dúvidas: Taxa de Lixo, Transbordo e Recursos Financeiros;
- 16h – Encerramento.
Fonte: Organização do evento

SAIBA MAIS

Prudente sediará fórum de engenharia e desenvolvimento regional do Crea-SP

Veja também