Tentativa de assalto a ônibus resulta em 10 mortos

REGIÃO - Bruno Saia

Data 10/04/2016
Horário 09:16
Uma tentativa de assalto contra um ônibus de turismo, com placas de Dracena, que havia saído de Presidente Prudente rumo a Foz do Iguaçu (PR), levou à morte de dez pessoas e deixou 24 feridos, na madrugada de ontem, por volta das 3h, em Mamborê (PR).

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), o veículo foi abordado por assaltantes, na altura do km 403, da BR-369, em Mamborê (PR), que fica entre Campo Mourão (PR) e Cascavel (PR). O motorista então perdeu o controle e colidiu contra uma árvore, às margens da rodovia, que fez com que o veículo se partisse ao meio. Havia 35 pessoas no veículo, dos quais apenas um teria saído ileso da colisão.

Jornal O Imparcial Bombeiros, policiais civis e militares auxiliam no socorro às vítimas, em plena madrugada

A PRF de Cascavel (PR), responsável pelo registro da ocorrência, ressalta ainda que ainda não é possível determinar se o condutor chegou a ser baleado pelos assaltantes, que teriam abordado o ônibus da estrada.

O veículo seguia em direção a Foz do Iguaçu (PR), que faz fronteira com Ciudad del Este, no Paraguai, onde os passageiros fariam compras e teria saído de Presidente Prudente. Os corpos das vítimas que morreram no local foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Campo Mourão (PR) e os feridos foram socorridos até hospitais na cidade, oito deles para a santa casa.

Por volta das 12h30 de ontem, o IML divulgou uma lista com os nomes de nove das dez vítimas fatais: Salvador Eduardo dos Santos, Adriana Rodrigues, Ana Paula Silva, Cláudio Cordeiro (motorista), Fátima Stella Galdino, Elisio Cordeiro (motorista), Marcos Vinícius Canhola, Regina Aparecida Boneme e Marco Aurélio Naufal. A última ainda não havia sido identificada.

Ainda segundo informações da PRF, a viagem não teria autorização da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e por isso não existe uma lista completa com todos os passageiros.

 

Seis disparos


O jornalista José Marcelo Chagas, do Portal Cidade Destaque, esteve no local do acidente e, segundo informações coletadas por ele com os passageiros, um veículo teria ultrapassado o ônibus, dando sinal para parar. O condutor tentou então evitar o assalto, e neste momento, foram ouvidos cerca de seis disparos contra o veículo e, na sequência, ocorreu a colisão.

Passageiros relataram ainda que, mesmo após a colisão, os criminosos ainda permaneceram no local, observando por alguns minutos, e na sequência fugiram  com o veículo, no sentido Cascavel (PR).

A PRF ressalta que a área na qual o ônibus foi abordado é um ponto onde são comuns os ataques de grupos criminosos conhecidos como "Piratas do Asfalto", que costumam disparar contra os veículos de sacoleiros que seguem rumo ao Paraguai, sendo obrigados a parar e tendo seus pertences subtraídos em seguida.

Veja também