Transporte coletivo

José Vicente

COLUNA - José Vicente

Data 27/10/2021
Horário 03:35

A população de Indiana continua sofrendo com a deficiência no transporte coletivo. Apenas uma empresa presta serviço há muitos anos, mas com a pandemia, desde o ano passado, vários horários foram excluídos, dificultando a vida de muitos indianenses, principalmente daqueles que necessitam dos ônibus para trabalhar em Presidente Prudente, Regente Feijó e Martinópolis. Com a diminuição dos casos de Covid-19 acreditava-se que os horários seriam restabelecidos, mas, ao contrário, os poucos horários foram reduzidos. Para aquelas pessoas que trabalham aos sábados e domingos fica mais complicado, porque diminui ainda mais o número de coletivos.

Decoração natalina
A comunidade regentense já pode sentir um clima de Natal, pois nos últimos dias os funcionários da Prefeitura iniciaram os trabalhos de decoração natalina no centro da cidade. As principais vias públicas estão recebendo os enfeites de Natal, colocados nos postes de iluminação pública, o que, sem dúvida, desperta aquele sentimento do maior evento religioso, que é o Natal. Embora estejamos ainda em outubro, a tradição da chegada do Papai Noel e do nascimento do Salvador, faz as pessoas mais motivadas para as festas de final de ano.

Vendaval deixa rastros
O temporal do fim de semana causou estragos consideráveis na região, atingindo várias cidades. Em Indiana, algumas ruas ainda estão sem iluminação pública, em virtude dos efeitos da ventania, causando transtornos às pessoas que precisam transitar por esses locais. Em Regente Feijó, o Posto de Saúde instalado na antiga estação da Estrada de Ferro Sorocabana, a Farmácia Central e outras repartições foram duramente castigadas pelo vento, que destruiu parte da cobertura. Dezenas de árvores nativas da Praça dos Pioneiros foram arrancadas pela força dos ventos.

Museu catavento
Professores e estudantes da região planejam realizar visitas ao Museu Catavento em São Paulo, um local superagradável que vem despertando cada vez mais o interesse das classes estudantis. Voltado para as ciências, o Museu Catavento é livre para visitas desde que sejam agendadas de segunda a sexta pelo telefone (011) 32464140. Astronomia, Terra, Vida e Engenho são temas que o Museu de Ciências Catavento apresenta aos visitantes, acima de 7 anos. Todos devem comparecer com máscaras e tomando todos os cuidados exigidos contra a covid. O Museu Catavento está localizado no Palácio das Indústrias (antiga sede da Prefeitura de São Paulo) Parque D. Pedro II, no centro da capital. Uma boa dica para professores e estudantes.

Caminhadas perigosas
Alguns locais de Indiana tornaram-se pistas para caminhadas, seja pela manhã ou no entardecer, na chamada boca da noite. O principal, sem dúvida, é o caminho que leva ao Trevo Inocêncio de Almeida, renteando o acesso até a Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), onde o fluxo de pedestres é maior, reunindo centenas de pessoas diariamente. Ocorre que essa pista está localizada ao lado do seringal, cercado apenas por uma cerca de arame, e, de algum tempo para cá, onças foram vistas nas imediações, o que tem afugentado as pessoas, principalmente as que preferem caminhar no escurecer. Recentemente conversando com o gerente do Seringal, ele nos confirmou a presença de onça-parda e jaguatirica. Há uns dois anos, uma onça-parda foi atropelada próxima do Trevo Inocêncio de Almeida. 

Não só onças
Não só as onças têm deixado as matas para procurar alimentos nas imediações da zona urbana. Nos últimos meses, estamos observando com frequência a presença de outros animas no perímetro urbano de Indiana, como, por exemplo, o ouriço, o gambá, e os pássaros tucanos, gralhas, papagaios, seriemas, que procuram frutas como mangas, jabuticabas, mamão, coquinhos, acerolas e outras frutas.

Abriu tem que fechar
A expressão "abriu tem que fechar" tornou-se bastante usada nos últimos meses em Indiana e se referem aos buracos abertos nas ruas pavimentadas para realizar manutenção no sistema de distribuição de água. Ocorre que esses buracos permanecem por uns dias, são tapados precariamente e com o passar do tempo afundam tornando-se uma enorme depressão que prejudica motoristas, ciclistas, motociclistas e até pedestres, pois quando chove ficam cheios de água. O que a população pede é "abriu tem que fechar", porque tem buraco fazendo aniversário.

Transparência
O prefeito de Indiana, Canarinho Júnior, divulgou nos últimos dias, os números dos fluxos de caixa, dos meses de julho, agosto e setembro. As fontes de recursos referem-se às arrecadações de IPTU, FPM, cotas de ICMS, IPVA, ISS E IRRF. Observam-se também os compromissos fixos e despesas como folhas de pagamentos, INSS, médicos, precatórios e outros. Nos três meses verificou-se um saldo positivo de R$ 1.022.499,30, uma importante economia, que poderá ser revertida em prol da comunidade, segundo o alcaide indianense.

Feriados chegando
Muita gente contando os feriados e agendando suas pescarias e são vários a começar pelo Dia do Funcionário Público, amanhã, dia 28 de novembro. Repartições públicas permanecerão de portas cerradas e, como cai numa quinta-feira, o óbvio pode pintar por aí. Dia de Finados (2 de novembro) cai numa terça, costuma-se emendar, e 15 de novembro coincidentemente cai numa segunda. Sem esquecer Natal, 25 de dezembro, todos comemorando o nascimento do Salvador. Ah, os feriados...

Cerâmicas a todo vapor
Um grande movimento de pessoas de outras regiões tem se registrado nos últimos dias em Indiana. São famílias de fora que vem a procura de peças de argila, para uso próprio ou para revender. Vasos de todos os tamanhos, inclusive esmaltados e os tradicionais filtros e moringas são os mais solicitados pelos compradores. Quem ganha com isso são os ceramistas, que asseguram cada vez mais seus empregos. Indiana mantém sua tradição de Capital da Argila.

Veja também