Vereadores protocolam ofícios sobre a CEI do Parque Aquático

Objetivo é solicitar providências a fim de elucidar as denúncias acerca das condições estruturais do local, contrato entre Prefeitura e Ciop além de outros pontos

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 23/09/2021
Horário 14:52
Foto: AI da Câmara
Documentos foram escritos e assinados após a vistoria realizada pela comissão
Documentos foram escritos e assinados após a vistoria realizada pela comissão

Os vereadores membros da CEI (Comissão Especial de Investigação) do Parque Aquático, protocolaram ontem os ofícios referentes às denúncias recebidas em relação ao estado de má conservação do espaço de lazer de Presidente Prudente. Os documentos foram escritos e assinados após a vistoria realizada pela comissão, que ocorreu na manhã de quarta-feira.

Conforme o documento encaminhado a O Imparcial, os vereadores Miriam Brandão (Patriota), presidente da CEI; Wellington de Souza Neves (MDB), relator; e Ivan Itamar (PSB), membro, enviaram os ofícios aos órgãos de Engenharia de Segurança e do Trabalho, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Ambiental, ao Ciop (Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista) e à Prefeitura de Presidente Prudente.

O objetivo é solicitar providências a fim de elucidar as denúncias acerca das condições estruturais do local, que é alvo de investigação.

Conforme o requerimento aprovado em plenário na segunda-feira, também é apurada a situação do contrato entre a Prefeitura e o Ciop, como valores recebidos e quantidade de funcionários que atuam no local, as condições sanitárias, AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), zoológico e demais equipamentos.

De acordo com os ofícios protocolados, o prazo para que providências sejam atendidas é de até 10 dias corridos.

Já o prazo dos trabalhos será de 90 dias, quando serão ouvidas todas as autoridades e ex-autoridades envolvidas com a Cidade da Criança em todos os aspectos, incluindo documentos públicos e fotográficos, além de depoimentos de agentes políticos e cargos em comissão, servidores, trabalhadores e diretores da Ciop, bem como de demais autoridades do município na gestão anterior e na atual.

Prefeitura e Ciop

A Prefeitura de Presidente Prudente afirma que está à disposição da Câmara Municipal para prestar “todas as informações necessárias e a colaborar com os trabalhos da referida CEI”. “Cabe ressaltar que o Parque Aquático Cidade da Criança é gerenciado pelo Ciop (Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista).

A reportagem entrou em contato com a direção do Ciop, que informou ter sido notificada sobre a CEI no começo da tarde de quarta-feira, e que iria se inteirar sobre os detalhes apontados no requerimento para que depois possa se manifestar.

SAIBA MAIS

CEI do Parque Aquático investigará estrutura e contrato com CIOP

Membros da CEI realizam vistoria no Parque Aquático da Cidade da Criança

Veja também