Secult lança a 13° edição do Clipp “Ruth Campos”

Concurso pretende valorizar e premiar escritores, com foco nos prudentinos; as obras selecionadas comporão uma antologia de 200 páginas estimadas

VARIEDADES - MARCO VINICIUS ROPELLI - Especial para O Imparcial

Data 21/05/2020
Horário 06:08
Cedida: Obras de escritores de Prudente e região poderão integrar o acervo da biblioteca do Matarazzo Foto: Cedida: Obras de escritores de Prudente e região poderão integrar o acervo da biblioteca do Matarazzo

“Leite, leitura

letras, literatura,

tudo o que passa,

tudo o que dura”

Com inspiração nos versos do escritor curitibano Paulo Leminski, o jornal O Imparcial informa que a Secult (Secretaria Municipal de Cultura) de Presidente Prudente está em busca de conhecer novos talentos literários, com foco especial nos da capital do Oeste Paulista. Há poucos dias a pasta lançou a XIII edição do Clipp (Concurso Literário de Presidente Prudente) “Ruth Campos”, nas categorias conto, crônica e poesia.

Com inscrições abertas desde 15 de maio, os talentos literários de Prudente, região e de qualquer local, contanto que seja em língua portuguesa, terão até 15 de julho para efetuar a inscrição de no máximo dois textos de cada categoria pelo site www.culturapp.com.br e depois enviar a obra no e-mail clipp@culturapp.com.br assinada somente com o pseudônimo do autor.

As regras estabelecidas em regulamento para a participação do concurso são simples: Os textos com tema livre e nas categorias já mencionadas devem ser digitados em língua portuguesa com a fonte Times New Roman tamanho 12 e a obra deve ocupar, no máximo, duas laudas.

São admitidos escritores a partir dos 14 anos. Os menores de 18 anos, entretanto, após a seleção, terão que preencher um termo de autorização para publicação dos escritos.

RETORNO DO CONCURSO
Em 2019, o Clipp não ocorrera, na época, por questões financeiras. Este ano, porém, a ação retorna como parte de um pacote cultural promovido pela Secult, sob a titularidade de Paulo Silvio Sanches, para a promoção dos gêneros artísticos durante a quarentena. “Estamos desenvolvendo ações de diversas linguagens durante a pandemia, e o retorno do concurso é uma das formas que encontramos para valorizar a literatura”, comenta o secretário.

“Estamos recebendo pelas redes sociais e e-mails da Secult muitas mensagens de jovens, adolescentes e universitários em busca de informações. Tem muitos mais maduros também que agora estão começando a escrever”, pontua Paulo.

Segundo ele, 50% dos textos selecionados para compor um livro com cerca de 200 páginas, são destinados exclusivamente para autores prudentinos, e a premiação, até agora, são cinco exemplares da antologia dos textos selecionados, porém o secretário afirma estar em contato com a iniciativa privada em busca de outras premiações.

Está previsto o lançamento do livro para algum dia do mês de outubro no Centro Cultural Matarazzo, mas Paulo adianta que tudo dependerá da evolução da pandemia da Covid-19.

SELEÇÃO DOS TEXTOS
A ideia da Secult, como explica Paulo Sanches, é convidar representantes da APE (Associação Prudentina de Escritores) e destaques da literatura regional para formarem a comissão que selecionará os melhores textos que serão publicados na antologia.

De 15 a 20 de maio, com apenas cinco dias de inscrições, a Secretaria já contabilizou mais de 20 inscrições, o que para Paulo aponta para o sucesso da iniciativa. “Esta retomada quer conhecer os talentos locais e incentivar a leitura”, garante o secretário.

SERVIÇO
As inscrições para o XIII Clipp estão abertas até 15 de julho pelo site www.culturapp.com.br.

Após se inscreverem, os autores devem enviar o texto por e-mail em anexo compatível com o programa Word nas versões 1997 a 2003. O endereço para envio é: clipp@culturapp.com.br.

São aceitos autores a partir dos 14 anos.

O tema é livre, as categorias são conto, crônica e poesia. Cada participante pode enviar até 2 obras com no máximo duas laudas para cada categoria.

O texto deve ser em língua portuguesa e digitados em Times New Roman tamanho 12.

 

 

Veja também