2020: handebol volta aos treinos

Primeira competição do ano, da equipe da Semepp, será na próxima semana, do dia 19 a 24, na 15ª edição do Barra Bonita HandBall Summer Cup

PRUDENTE - OSLAINE SILVA

Data 09/01/2020
Horário 08:15
Isadora Crivelli - Treino de ontem, no Parque de Uso Múltiplo, foi mais tranquilo, porém, de forma tática e técnica Foto: Isadora Crivelli - Treino de ontem, no Parque de Uso Múltiplo, foi mais tranquilo, porém, de forma tática e técnica

Por conta da areia molhada, em decorrência das chuvas dos últimos dias, a equipe do handebol prudentino Unimed/Semepp/Instituto Edespp, comandada por Péricles Jr, voltou aos treinos na manhã de ontem, no PUM (Parque de Uso Múltiplo) e não no Balneário da Amizade onde estava marcado. Segundo o técnico Péricles Batista de Menezes Junior, o time está antecipando a volta aos treinamentos, que seria em fevereiro, por conta da primeira competição do ano, que será de 19 a 24 de janeiro, na 15ª edição do Barra Bonita HandBall Summer Cup, em Barra Bonita (SP). Como noticiado no fim de 2019, a equipe treinava no balneário, por um dos três ambientes do jogo ser, além da quadra (indoor) e grama (grass), na areia (beach).

O treinador explica que a atividade de ontem foi mais tranquila, mais para os atletas se soltarem após o período parado, mas de forma tática e técnica, para aprimorar e chegar bem em Barra Bonita. Nessa segunda participação, Péricles salienta que a equipe está indo com 70 atletas divididos com exceção dos menores, nas categorias: sub 12, sub 14, sub 16 e juvenil (masculino e feminino).  E esperam iniciar 2020 com o pé direito. Conforme ele, o desejo é que Barra Bonita seja o start positivo do ano para os atletas já irem se comprometendo com um ano que esperam que seja cheio de competições.

“Já passei uma prévia do calendário para eles. Na sequência já teremos o início da Liga Regional, depois Paraná Cup, Jogos da Juventude, Prudente Fest Cup [que jogamos no ano passado], Jogos Regionais, Abertos e os Estudantis, que ainda não sabemos se o Estado vai mesmo cortar como vem sendo especulado. O que é uma pena, porque os Jogos Estudantis é uma competição importante, assim como os Joguinhos, porque é a faixa etária que trabalhamos”, destaca Péricles.

O treinador deseja que tenham um ano tão próspero quanto foi 2019 que, segundo ele, em termos de competições e resultados, foi o melhor. “A gente treina para figurar sempre entre os primeiros do Estado. E este é um cenário que vem sendo evidenciado nos últimos anos”.

PAIXÃO IMEDIATA

PELO HANDEBOL

“Espero que a gente se saia bem em Barra Bonita. Evoluir, porque grandes times participam desta competição. Esta é a segunda vez que participamos e tenho me preparando para dar o meu melhor, lá. Logo nos meus primeiros treinos já me apaixonei pelo esporte, diferente da maioria que gosta de futebol. Mas, além do futsal na escola, artes marciais, como o caratê e judô, foram as primeiras modalidades esportivas que experimentei antes do handebol”, expõe Fabiano Ruiz Amendola Speridion, 15 anos, destacando que a areia é o ambiente mais complicado da competição, porque assim como o solo, as regras são diferentes da grama e quadra.

“Se tiver molhada é mais difícil ainda. Por isso temos que nos preparar bastante”, diz o jovem que joga handebol há quatro anos.

CURIOSIDADE

Barra Bonita HandBall Summer Cup

De acordo com Péricles, no primeiro dia a competição começa na grama (grass), com as dimensões da quadra, já valendo a competição indoor. No segundo e terceiro dia dá-se a continuação e término indoor. No quarto e quinto dia inicia tudo de novo, na areia (beach).

Publicidade
eixosp

Veja também