“Bazar da Valentina” busca angariar recursos

Ação ocorrerá no salão do Santuário de Santa Teresinha, em Prudente, com a venda de roupas, sapatos e acessórios a preços acessíveis em prol da bebê

PRUDENTE - GABRIEL BUOSI

Data 20/02/2021
Horário 07:22
Foto: Reprodução
Mais de 3 mil itens foram doados para a realização do bazar
Mais de 3 mil itens foram doados para a realização do bazar

A família da bebê Valentina, em parceria com diversos voluntários, realiza neste sábado um bazar em prol da campanha de arrecadação para alcançar os R$ 12 milhões necessários para comprar a medicação que é considerada como a cura para a AME (amiotrofia muscular espinhal). Mais de 3 mil itens foram doados para a ação, como camisetas, calças, vestidos, sapatos, bolsas, carteiras e artigos para crianças, como carrinhos e cadeirinhas, que estarão disponíveis por preços acessíveis. O bazar ocorre das 8h às 18h, em Presidente Prudente, no salão do Santuário de Santa Teresinha, no Jardim Maracanã
Com o slogan “Você fica na moda e ajuda a Valentina”, a campanha é mais uma das possibilidades exploradas pela família, que corre contra o tempo para conseguir a medicação via doações, enquanto o processo que corre na Justiça, e pede para que o Estado forneça o remédio, não chega a um veredito. “Temos que apelar para todas as possibilidades, e o bazar é uma delas. A ideia surgiu junto com os voluntários e estamos muito felizes e esperançosos, pois conseguimos arrecadar muitas coisas”, afirmou a mãe da bebê, Luciana Matricardi Domingues Brandini
Por falar em voluntários, Rosana Orbolato é uma das pessoas que se disponibilizaram para ajudar a campanha. A casa dela se transformou no “centro de concentração” das doações, que chegam todos os dias e a todo o momento. “Das mais de 3 mil peças temos muitas coisas legais e interessantes para a venda, inclusive peças novas que foram envidas por lojas. Colocamos valores baixos para vender tudo e só queremos o melhor para nossa Valentina”. 
Algumas peças que não estavam em condições de venda foram doadas. 

SAIBA MAIS
De acordo com a médica que acompanha o caso, Carolina de Souza Thimoteo Gonçalves, a AME é causada pela mutação de um gene que impede que seja produzida uma proteína essencial para as células que controlam os nossos músculos e permite que eles possam contrair. “É uma doença caracterizada por um processo degenerativo do corno anterior da medula espinhal, responsável por vias descendentes motoras, incluindo os núcleos motores de porções mais altas da medula”. A incidência populacional da doença é de cerca de quatro a 10 para 100 mil nascidos vivos, o que a torna uma doença rara. “A AME é classificada em quatro tipos, dependendo da mutação encontrada. A de tipo um, também conhecida como doença de Werdnig-Hoffman, é a mais frequente e a mais severa, que é o tipo que a Valentina apresenta”.

Doe e participe da campanha da Valentina

Intitulada de “12 milhões de pessoas doando R$ 1”, os pais disponibilizaram diversos meios para que os interessados possam contribuir. São eles: 

- Pix
422.430.448-11

- Vaquinha online:
Site: http://vaka.me/1505194
Nome: Valentina Domingues Brandini
CPF: 583.710.098- 95

- Banco do Brasil
Agência: 97-3
Conta-poupança: 250498-7
Variação: 51

- Bradesco
Agência: 2044
Conta-poupança: 1000837-9

- Itaú
Agência: 5794
Conta-poupança 06873-3/500

- Nubank (conta no nome da mamãe) 
Agência: 0001
Conta corrente: 32439110-0
Luciana Matricardi
CPF: 422.430.448-11

- Instagram:
@cureavalentina

SERVIÇO
O bazar em prol da Valentina ocorre neste sábado, das 8h às 18h, no salão do Santuário de Santa Teresinha, em Presidente Prudente, que fica na Rua Fortunato Rizzo, 229, no Jardim Maracanã. 

SAIBA MAIS

Estado recorre da decisão de fornecer remédio de R$ 12 milhões

Justiça dá 20 dias para que Estado forneça medicação à bebê Valentina

Campanha visa arrecadar R$ 12 milhões para a cura da bebê Valentina

Veja também