Hemocentros de Prudente estão com nível crítico de estoque de sangue 

Tanto o banco de sangue anexo à Santa Casa, quanto o Núcleo de Hemoterapia do HRPP sofrem com o déficit de doações, que caíram cerca de 40% nas duas unidades

PRUDENTE - CAIO GERVAZONI

Data 15/02/2022
Horário 04:05
Foto: Santa Casa de Prudente
Para doar, basta ter entre 16 e 69 anos, ter mais de 52 kg e estar em boas condições de saúde
Para doar, basta ter entre 16 e 69 anos, ter mais de 52 kg e estar em boas condições de saúde

É preocupante o atual cenário do estoque de sangue nos hemocentros de Presidente Prudente. Tanto o banco de sangue anexo à Santa Casa de Misericórdia, quanto o do HR (Hospital Regional) Doutor Domingos Leonardo Cerávolo sofrem com o déficit de doações e o baixo nível no estoque de bolsas de sangue. 
De acordo com a Santa Casa, o depósito sanguíneo da unidade opera no limite e, com o recrudescimento da pandemia e o recente período de férias, as doações caíram 40%, de acordo com a instituição. Conforme indica a unidade hospitalar, para atender a demanda seriam necessárias a captação de 1,5 mil bolsas de sangue por mês, porém, atualmente, são coletadas em média 800 por mês. 
No HR, que é referência em média e alta complexidade para os 45 municípios do DRS-11 (Departamento Regional de Saúde), o contexto de crise nos estoques e doações também é parecido. A coordenadora do Núcleo de Hemoterapia do HR, Maria Margarida Silveira, enfatiza que o déficit atual é de mais de 40% do considerado ideal para manter as 1,2 mil bolsas de sangue para o estoque necessário para suprir as demandas do hospital. “Neste momento, essa grande defasagem está se dando pelo fato do alto número de pessoas com sintomas gripais, que não podem doar graças a esse quadro infeccioso. Por isso, é muito importante que aqueles que estão saudáveis, venham fazer a sua doação”, pontua Maria Margarida.  

Importância da doação

A coordenadora do Núcleo de Hemoterapia do HR frisa a importância da doação e do hábito de doar em si, que contribui diretamente na luta diária pela salvação de vidas humanas. “Esse hábito é essencial para continuarmos salvando vidas, uma vez que o sangue é um remédio muito importante para uma série de tratamentos, como, por exemplo, cirurgias e tratamentos oncológicos. E esse é um remédio que não podemos comprar, apenas recebê-lo pelo gesto de amor da doação”, conscientiza Maria Margarida. 
Segundo a agente de captação de sangue da Santa Casa de Presidente Prudente, Zenaide Brito, a doação de todos os tipos de sangue é importante, mas, no momento, o que está em falta na unidade é o tipo “O” negativo. “O sangue doado é utilizado em cirurgias eletivas, para emergências e para pacientes oncológicos e com doenças hematológicas”, relata Zenaide, e realça que o hemocentro da Santa Casa atende à demanda da própria instituição, do Hospital Estadual Doutor Odilo Antunes de Siqueira de Prudente e de mais 45 municípios da região.

Doe sangue

Para doar, basta ter entre 16 e 69 anos, ter mais de 52 kg e estar em boas condições de saúde. Menores de 18 anos precisam do acompanhamento dos pais e maiores devem levar documento de identidade com foto. O HR frisa que, neste momento de pandemia, pessoas que estão no grupo de risco da Covid-19, ou seja, tem mais de 60 anos, estão com sintomas gripais ou possuem alguma doença autoimune, não devem fazer a doação de sangue. 
O Banco de Sangue do Hospital Regional de Presidente Prudente funciona diariamente das 7h às 17h, inclusive aos finais de semana e feriados, e serve a pacientes atendidos na unidade e que necessitam de transfusão de sangue. Para mais informações, ligue no telefone (18) 3229-1570. 
Já no hemocentro anexo à Santa Casa, o horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h, e nos 2º e 3º sábados do mês, atendimento das 7h às 11h.  Para mais informações, basta entrar em contato com a unidade pelo telefone (18) 3223-3511. 

Foto: Santa Casa de Prudente

Segundo a Santa Casa, estoque de sangue da unidade opera no limite e, com o recrudescimento da pandemia e o recente período de férias, doações caíram 40% 

SAIBA MAIS

Estoques de sangue seguem em níveis de alerta em Prudente

Hematologista responde dúvidas sobre doação de sangue

Veja também