A Mulher que Criou o Rock

O Espadachim, um cronista à moda antiga na era digital

OPINIÃO - Sandro Villar

Data 19/07/2020
Horário 05:49

E não é que o rock and roll teria sido criado por uma mulher? Uma cantora negra de gospel chamada Rosetta Tharpe (1915-1973) é apontada não apenas como inventora como também madrinha do ritmo preferido pela juventude em todo o mundo. 
Astros como Elvis Presley, Little Richard, Chuck Berry e Jerry Lee Lewis nunca esconderam que "beberam na fonte" de Rosetta, também chamada de Sister Rosetta, nome que adotou depois de se casar com um pastor de uma igreja no sul dos EUA.
Além de cantar e compor, ela também era guitarrista e arrasava em seus shows, com todos aqueles trejeitos imitados, depois, por inúmeros roqueiros. Excursionou pela Inglaterra com sucesso estrondoso. Pois é: seria Rosetta Tharpe (guarde este nome) a criadora do rock? Ou o rock foi inventado pelo bluseiro Bo Diddley, que tocava uma guitarra quadrada?
Nem uma coisa nem outra. Rosetta e Bo não inventaram o rock, como também Elvis e Little Richard não foram responsáveis pela paternidade. Então, quem criou o rock, cara-pálida? Boa pergunta, não é mesmo? Acho que vale a pena tocar no assunto até porque no último dia 13 foi comemorado o Dia Mundial do Rock. 
De acordo com alguns críticos, entre eles um tal de Sandro Villar, o rock é filho do boogie woogie e neto do blues. Convém lembrar que a palavra rock "n" roll (a grafia é esta) já existia no blues, um estilo musical criado por lavradores negros que cantavam, para espantar a tristeza, enquanto colhiam algodão nas fazendas do sul dos EUA. E o blues é também a forma mais interessante de jazz, segundo o clarinetista Tito Martino, que tocou na Traditional Jazz Band, de São Paulo.
 O rock nada mais é do que um blues acelerado. Ou um boogie woogie nem tanto acelerado como o "pai", do qual também copiou a coreografia ou o jeito de dançar, que, aliás, é bonito. O título - ou o rótulo - rock and roll surgiu em meados dos anos 50 do século passado. O autor foi um disck-jóquei, cujo nome não me lembro.
Importante salientar que o cantor negro Roy Brown, que usava um topete tipo capacete e era um grande nome do blues, gravou de sua autoria "Good Rockin Tonight", isso em 1947. Portanto, oficialmente o rock ainda não existia. À época, era na verdade, um blues ritmado. Elvis Presley também gravou "Good Rockin Tonight" e asseguro-lhes que as duas gravações são ótimas, sendo a de Roy um pouco mais, digamos, purista ou original.  
Volto à venerável Rosetta Tharpe sobre esta história dos criadores do rock. Irônica, como algumas de suas letras, ela "botou banca" e foi taxativa: "Oh, essas crianças e o rock and roll. Isso apenas acelerou o rhythm and blues. Eu venho fazendo isso desde sempre".  
Essas crianças, no caso, é uma alusão a estrelas como Elvis Presley, Little Richard, Chuck Berry e outros roqueiros, que reconheceram a importância de Rosetta Tharpe, a primeira artista a gravar um disco onde o ritmo descrito no selo é rock and roll.

DROPS

Ministério da Saúde diz que Brasil é exemplo no combate à pandemia. Pausa para rir.

Brasileiros vão ficar mais feios. Fecharam 62 mil salões de beleza.

Nos EUA, o problema do epidemiologista Fauci é o Falso que é chefe dele.

Estamos todos na mesma balsa. Será?
 

Veja também