Adiantamento do 13º de beneficiários do INSS injetará R$ 245,1 milhões na região

Número é uma estimativa com base na folha de pagamento dos 53 municípios da 10ª RA no mês de abril e traz boas expectativas

REGIÃO - GABRIEL BUOSI

Data 22/05/2021
Horário 04:03
Foto: Marcello Casal Jr/ABr
Antecipação do 13º salário favorece processo de recuperação econômica 
Antecipação do 13º salário favorece processo de recuperação econômica 

O adiantamento do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) deverá injetar na região de Presidente Prudente algo em torno de R$ 245.107.428,94. O número é uma estimativa com base na folha de pagamento dos 53 municípios da 10ª RA (Região Administrativa) do Estado de São Paulo no mês de abril e traz boas expectativas por parte de quem recebe e da própria economia. “Neste momento é uma notícia extremamente positiva, já que as pessoas estão precisando mesmo de mais renda dentro de casa. No entanto, é preciso lidar com cautela com esse dinheiro que chega à população, e algumas dicas são importantes neste momento”, afirma o educador financeiro Moisés Martins. Confira as dicas ao longo do texto. 
Recentemente o governo federal publicou o Decreto 10.695, que antecipa o pagamento do abono anual devido aos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social. Segundo o secretário de Previdência, Narlon Nogueira, a medida é muito relevante, pois permite injetar na economia brasileira cerca de R$ 52,7 bilhões, “favorecendo o processo de recuperação econômica, e, ao mesmo tempo, antecipando a renda aos beneficiários da Previdência Social neste momento de enfrentamento da pandemia”. 
Conforme os dados do INSS enviados à reportagem, nos 53 municípios da região no mês de abril – dado mais recente – o montante pago superou os R$ 245,1 milhões junto aos 171.278 beneficiários. Esta é, portanto, uma projeção de quanto a região poderá receber com o pagamento do 13º salário, já que os dados relativos à primeira parcela do 13º ficarão disponíveis somente depois do processamento da folha de pagamento do mês de maio. Por ser a maior cidade da região, Presidente Prudente é a que concentra a maior quantia: foram 40.803 beneficiários que receberam R$ 66.255.344,34 em abril. 

"É preciso cautela"

O educador financeiro aponta que a antecipação já ocorreu no ano passado, decisão que também foi boa e necessária, e ressalta que, justamente por isso, com a experiência recente, as pessoas precisam ter cuidado no gerenciamento desse dinheiro. “Como a população não tinha mais o 13º no fim do ano, quem estava necessitado ficou ainda mais necessitado e a expectativa de melhora da pandemia no início acabou não vindo, o que desencadeou o desespero de muitos”. 
Moisés aponta que, com isso, a dica é para que as pessoas inicialmente resolvam pendências econômicas “pesadas” que trazem juros altos e não podem continuar acumulando. “É preciso estabelecer prioridades, não adianta pagar contas pequenas e deixar essas que acumulam juros atrás de juros esquecidas”. Já para quem está com uma situação um pouco mais favorável, a dica é guardar para o final do ano, já que há uma incerteza sobre o curso da pandemia até lá. 

Pagamento antecipado

O governo federal divulgou que o pagamento ocorrerá em duas parcelas. A primeira, correspondente a 50% do benefício devido no mês de maio de 2021, será paga juntamente com os benefícios dessa competência – de 25 de maio a 8 de junho. A segunda parcela será paga junto com os benefícios da competência do mês de junho de 2021 – de 24 de junho a 7 de julho. Em geral, o pagamento ocorre nas competências de agosto e novembro. Aposentados e pensionistas, em maioria, receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.
Os segurados que recebem benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) também têm direito a uma parcela menor do que os 50%. Nesse caso, a antecipação é calculada de acordo com o tempo de duração do benefício, conforme o governo federal. Por lei, não têm direito ao 13º salário os segurados que recebem benefícios assistenciais. Por isso, o número de benefícios com o 13º salário é menor do que o número total de benefícios pagos pelo INSS.
 

Estimativa de pagamentos do 13º salário na região de Prudente

MUNICÍPIO

Quantidade de benefícios

Valor dos benefícios  em abril

ADAMANTINA                                                                                                   

9.550

R$ 14.444.832,28

ALFREDO MARCONDES              

1.172

R$ 1.469.536,03

ÁLVARES MACHADO                  

4.281

R$ 6.015.016,38

ANHUMAS                                              

536

R$ 693.916,37

CAIABU                          

663

R$ 810.172,79

CAIUÁ                            

331

R$ 391.635,22

DRACENA                      

10.815

R$ 15.659.280,61

EMILIANÓPOLIS             

334

R$ 386.003,00

ESTRELA DO NORTE     

236

R$ 326.759,78

EUCLIDES DA CUNHA    

1.314

R$ 1.455.059,42

FLORA RICA              

276

R$ 325.484,88

FLÓRIDA PAULISTA                                                    

2.483

R$ 3.255.018,32

IEPÊ                         

1.509

R$ 2.030.934,97

INDIANA                      

738

R$ 994.682,34

INÚBIA PAULISTA       

575

R$ 750.263,30

IRAPURU                  

1.599

R$ 1.943.852,87

JUNQUEIRÓPOLIS       

4.409

R$ 6.014.608,89

LUCÉLIA                 

4.765

R$ 6.589.980,33

MARABÁ PAULISTA    

574

R$ 678.543,81

MARIÁPOLIS             

780

R$ 985.762,46

MARTINÓPOLIS   

4.917

R$ 6.706.517,26

MIRANTE DO PARANAPANEMA  

3.186

R$ 3.732.829,01

MONTE CASTELO    

782

R$ 885.336,73

NANTES

254

R$ 329.088,42

NARANDIBA             

586

R$ 723.327,44

NOVA GUATAPORANGA

558

R$ 664.831,93

OSVALDO CRUZ

7.224

R$ 10.289.761,32

OURO VERDE          

1.462

R$ 1.807.148,94

PACAEMBU            

2.834

R$ 3.689.422,90

PANORAMA                

2.700

R$ 3.493.384,57

PAULICEIA            

855

R$ 1.118.177,18

PIQUEROBI             

652

R$ 806.749,44

PIRAPOZINHO     

5.105

R$ 7.316.929,06

PRACINHA                 

114

R$ 145.860,94

PRESIDENTE BERNARDES 

3.330

R$ 4.437.919,95

PRESIDENTE EPITÁCIO     

9.281

R$ 12.934.136,34

PRESIDENTE PRUDENTE  

40.803

R$ 66.255.344,34

PRESIDENTE VENCESLAU 

7.376

R$ 9.966.389,31

RANCHARIA                 

6.237

R$ 8.850.526,38

REGENTE FEIJÓ

4.083

R$ 5.735.008,50

RIBEIRÃO DOS ÍNDIOS  

185

R$ 206.180,48

ROSANA                  

3.345

R$ 5.411.880,69

SAGRES                  

427

R$ 515.144,34

SALMOURÃO           

972

R$ 1.147.908,75

SANDOVALINA       

379

R$ 493.468,75

SANTA MERCEDES  

343

R$ 436.027,22

SANTO ANASTÁCIO

4.816

R$ 6.598.174,86

SANTO EXPEDITO   

500

R$ 630.812,99

SÃO JOÃO DO PAU D'ALHO  

632

R$ 793.421,35

TACIBA                   

1.015

R$ 1.286.105,87

TARABAI              

882

R$ 1.114.365,79

TEODORO SAMPAIO

4.478

R$ 5.840.574,41

TUPI PAULISTA     

4.025

R$ 5.523.329,43

TOTAL

171.278

R$ 245.107.428,94

Fonte: INSS

   

Veja também