Ainda os Gafanhotos e As Árvores Frutíferas

O Espadachim, um cronista a favor da papa e do papa

OPINIÃO - Sandro Villar

Data 23/07/2020
Horário 05:43

Alerta máximo, pessoal: uma terceira nuvem de gafanhotos foi localizada na Argentina, fronteira com o Brasil. Se essa terceira nuvem também é formada por 400 milhões de insetos, como as outras duas, então, meus caros e minhas, temos, no mínimo, pelo menos 1,2 bilhão de gafanhotos a nos ameaçar.
Mas pode ser que, a exemplo das outras duas, essa terceira nuvem - ou seria praga? - também pode desistir de invadir o Brasil para não se contaminar com os agrotóxicos usados nas lavouras gaúchas, como O Espadachim já lembrou aos seus amados leitores e leitoras. Gafanhoto não é besta, não. Prefere orgânico, presumo.
Valha-nos Deus, Nossa Senhora e todos os santos, pois um 1,2 bilhão de gafanhotos destruiria roças, pastos e, enfim, toda a vegetação. Já temos problemas demais e, portanto, xô, gafanhoto! 
Bastam os gafanhotos do poder, que pouco fazem para melhorar a vida do povão, cada vez mais angustiado e sofrido, sem conseguir pagar as contas no fim do mês. É como diz o cantor e compositor Zeca Baleiro: "Pior do que o fim do mundo, para mim é o fim do mês". O Zeca tem razão. 
Não sei se gafanhoto come abacate e cajamanga - ou caja-manga -, mas o abacateiro e o pé de cajamanga, citados na crônica de terça-feira, ainda dão pano para a manga e, talvez, para a camisa inteira. Quem conhece bem a história é o nosso mestre jornalista Ricardo Torquato, professor da FAI.
Diz o Torquato: "Esse pé de caja-manga já deu muita história. Teve um cara que parou uma pick-up embaixo e colheu todas as frutas em um dia. Desde então a dona da casa da esquina fica de butuca. Se ouvir gente colhendo, ela sai e dá a maior bronca".
Também sobre o abacateiro a narrativa do Torquato é pra lá de saborosa: "Em tempo: o mesmo cara limpou o pé de abacate e na quinta-feira foi vender tudo na feira do bairro". Pois é: direto do abacateiro para o consumidor, sem atravessador, e com a vantagem de ser fruta orgânica, que faz bem para o organismo.

P.S.: A cantora Elza Soares comemorou 90 anos e desabafou: "Vim do planeta fome e continuo no planeta fome. É um país desigual, é uma coisa horrível, a gente vive nisso". Grande Elza Soares! 

DROPS (enviados por Nair Suzuki, notável jornalista de Economia)

Preguiçoso é o dono da sauna, que vive do suor dos outros.
(Príncipe Charles)

Brasil? Fraude explica. 
(Carlito Maia, notável publicitário)

Quem se mata de trabalhar merece mesmo morrer.
(Millôr Fernandes)

O sol nasce para todos, a sombra pra quem é mais esperto.
(Stanislaw Ponte Preta)
 

Veja também