Publicidade

Calor e baixa umidade marcam fim do inverno na região

Do dia 1º a 11 de setembro, temperatura média de Prudente foi de 27,5°C, sendo que a média histórica do mês é de 24°C; previsão indica ausência de chuvas até o fim da estação

REGIÃO - WEVERSON NASCIMENTO

Data 15/09/2020
Horário 03:34
Roberto Mancuzo - Ontem, feriado municipal em comemoração aos 103 de Prudente, previsões eram de mínima de 24°C e máxima de 39°C
Roberto Mancuzo - Ontem, feriado municipal em comemoração aos 103 de Prudente, previsões eram de mínima de 24°C e máxima de 39°C

O solstício de inverno está se afastando e os dias vão ficando cada vez mais longos, agora com mais horas de sol. Quem não tem gostado do calorão dos últimos dias ficou ainda mais incomodado neste fim de semana diante das altas temperaturas. A Estação Meteorológica Professor Vagner Camarini Alves, da Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), emitiu um alerta de uma forte onda de calor, com umidade relativa abaixo de 20% e temperaturas acima de 5°C da média, no oeste paulista. A previsão ainda indica altas temperaturas, baixa umidade relativa do ar e ausência de chuvas até o fim do inverno na região.
A forte onda de calor se deve a uma massa muito quente e seca que está predominando sobre a região Central e Sudeste do Brasil, associada à ausência de nuvens, conforme explica o responsável pela Estação Meteorológica da Unoeste, professor Alexandrius de Moraes Barbosa. “O início do mês de setembro tem sido muito quente no oeste paulista. Do dia 1º a 11 deste mês, a temperatura média de Presidente Prudente foi de 27,5°C, sendo que a média histórica do mês é de 24°C. Destaque tambémpara as temperaturas máximas, em que a média nesses primeiros dias de setembro é de 34,6°C, valor 4,6°C superior à média da temperatura máxima histórica de setembro, que é de 30°C”, detalha.
No último domingo, na capital do oeste paulista, segundo informações da Estação Unoeste, coletadas junto ao Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a temperatura foi de 38°C de máxima e 24°C de mínima, com umidade relativa do ar chegando a 15%. Ontem, feriado municipal em comemoração aos 103 de Presidente Prudente, as previsões eram de mínima de 24°C e máxima de 39°C. Outro importante alerta foi para a umidade relativa que poderia chegar na casa dos 10%.

Cenário de alerta

Tal cenário também coloca os órgãos de defesa em alerta, como é o caso da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Presidente Prudente, a qual orienta que a população evite exercícios físicos ao ar livre das 10h às 16h, recomenda o uso de soro fisiológico para olhos e narinas, e que a hidratação seja reforçada. A falta de chuvas e o tempo seco também contribuem para as queimadas, portanto, em caso de incêndio, acione o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.

Estação das flores

A primavera, também conhecida como a estação das flores, tem início às 10h31 do dia 22 deste mês e segue até 21 de dezembro. Através de um levantamento feito pela Somar Meteorologia, Alexandrius explica que há uma chance de 75% para a ocorrência do fenômeno La Ninã de fraco a moderado de curta duração na primavera de 2020. Dessa maneira, poderá ocorrer o atraso de chuvas no oeste paulista entre setembro e outubro. “No entanto, como o fenômeno não será dos mais intensos, a temperatura média da primavera deverá seguir o padrão normal da estação para a região”, comenta o professor.

SAIBA MAIS
O mês de agosto, segundo a Estação Meteorológica da Unoeste, foi caracterizado por grandes variações climáticas. A chuva acumulada mensal em 2020 (193,2 mm) foi 355,6% superior à média histórica (42,4 mm). No dia 22 de agosto, foi registrado a temperatura mínima do mês 7,6 °C (segunda temperatura mais baixa do ano) e no dia 30 de agosto a temperatura mais alta do mês (35°C). Até agosto deste ano, já choveu 1.216 mm, valor este que representa 78,0% do regime anual de Presidente Prudente (1.558 mm). A temperatura média de agosto (21,4 °C) foi 1°C menor do que a histórica para o mês (22,4 °C).

Publicidade

Veja também