Com novas regras, Apea volta a funcionar

Estabelecimento reabriu na segunda, respeitando o limite de capacidade de 40% e horário reduzido para seis horas por dia, como foi imposto pelo governo

Esportes - THIAGO MORELLO

Data 03/06/2020
Horário 06:34
Weverson Nascimento - Quem quiser adentrar o espaço deverá fazer a aferição de temperatura com termômetros Foto: Weverson Nascimento - Quem quiser adentrar o espaço deverá fazer a aferição de temperatura com termômetros

A Apea (Associação Prudentina de Esportes Atléticos) foi um dos estabelecimentos que retornou às atividades na segunda-feira, após o governo do Estado de São Paulo flexibilizar a quarentena no território paulista, por fases. Para frequentar o local, os usuários devem se atentar às regras impostas, principalmente as que giram em torno da higienização pessoal.

Por exemplo, uso obrigatório de máscaras e utilização de álcool em gel. Aliás, o presidente do clube, Antônio Batista Grosso, explica que logo na entrada do local, foi montado um esquema especial para isso. “Quem quiser adentrar o espaço deverá fazer a aferição de temperatura com termômetros, e também é realizada a higienização das mãos”, completa. E já no interior do prédio, os funcionários fiscalizam para saber se tudo está sendo seguido corretamente.

Nesse primeiro momento, estão disponíveis aos usuários, o salão de dança, o balé, o salão de beleza e o tênis de quadra. “Todos respeitando o limite máximo de pessoas, assim como o prédio todo, que é de 40% do total permitido”, ainda de acordo com o presidente.

“O NOSSO FORTE, QUE É, POR EXEMPLO, A ACADEMIA, O SALÃO DE FESTA, FUTEBOL E NATAÇÃO, SÃO ATIVIDADES NÃO INCLUSAS NESSA FASE”

Antônio Batista Grosso

E como reabriu na segunda-feira, ele avalia que a movimentação do primeiro dia foi baixa, mas já serve “como um respirar”. Antônio entende que é o primeiro passo para que, aos poucos, as coisas voltem ao normal. “O nosso forte, que é, por exemplo, a academia, o salão de festa, futebol e natação, são atividades não inclusas nessa fase”, detalha. Por isso, ele entende que a movimentação por lá tende a ser mais baixa mesmo.

Desta forma, para quem quiser utilizar o espaço, o horário de funcionamento foi reduzido para seis horas por dia, sendo das 14h às 20h.

 

 

 

 

 

Veja também