Diante de fila de 37 pessoas por vaga hospitalar, Prefeitura de Prudente decreta novas medidas

Uma delas diz respeito aos supermercados, que só poderão funcionar de segunda a sábado até 21h; aos domingos, deverão ficar fechados

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 26/02/2021
Horário 19:15
Foto: Mariana Padovan/Secom
Prefeito convocou uma reunião nesta sexta-feira com autoridades de saúde
Prefeito convocou uma reunião nesta sexta-feira com autoridades de saúde

O prefeito de Presidente Prudente, Ed Thomas (PSB), convocou uma reunião nesta sexta-feira com autoridades de saúde para discutir sobre a situação da pandemia na cidade. Com ocupação praticamente total dos leitos reservados a pacientes infectados pelo vírus, 37 pessoas aguardam nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) até que surja vaga hospitalar. Já no Centro de Triagem, a movimentação subiu de aproximadamente 100 pacientes por dia para quase 200 no último fim de semana.

Diante deste cenário, o Executivo adotou novas medidas para tentar conter o avanço da Covid-19 na cidade, instituídas pelo Decreto 31.767/2021. A partir deste sábado até o dia 14 de março, estabelecimentos do ramo alimentício considerados essenciais, como conveniências, mercados, supermercados e similares, só poderão funcionar de segunda a sábado até as 21h. Após esse horário, só poderão funcionar atividades indispensáveis como farmácias e postos de combustível, além dos serviços de delivery e drive-thru. Aos domingos, essa restrição vale para todo o dia.

Para desafogar as UPAs, já nesta semana serão criados 15 leitos de suporte respiratório na UBS (Unidade Básica de Saúde) da Cohab, o Cohabão. A unidade servirá de apoio até que haja a transferência para o hospital.

Neste período, também fica expressamente proibida a realização de festas ou eventos, cabendo responsabilização ao proprietário do local e aos outros responsáveis envolvidos.

O atendimento ao público dos órgãos administrativos do município também será reduzido, passando a funcionar das 8h às 13h, salvo naqueles departamentos em que o horário precisa ser diferenciado por conta particularidade do serviço.

A fiscalização seguirá intensa todas as noites, com equipes da Visa (Vigilância Sanitária), Sedepp (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), Polícia Militar e Defesa Civil atuando em conjunto para coibir atos de desrespeito às normas sanitárias, sobretudo aglomerações em eventos clandestinos. Cabe lembrar que o governo estadual decretou toque de restrição das 23h às 5h no Estado.

 

Veja também