DRS-11 tem 42 leitos de UTI para Covid-19

Taxa de ocupação varia entre 66% e 69%; Estado explica que número pode ser maior ou menor, de um dia para o outro, conforme demanda

REGIÃO - THIAGO MORELLO

Data 19/06/2020
Horário 04:15
Arquivo: Santa Casa de Prudente e Dracena são as que mais possuem leitos, sendo 11 em cada Foto: Arquivo: Santa Casa de Prudente e Dracena são as que mais possuem leitos, sendo 11 em cada

A reportagem do jornal O Imparcial teve acesso à quantidade de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) disponíveis para o tratamento da Covid-19 no DRS-11 (Departamento Regional de Saúde), que tem como sede Presidente Prudente, mas é composto por 43 municípios. Distribuídos em sete unidades de saúde, são 42 leitos disponíveis para lidar com a doença na região. A ocupação muda diariamente, e até mesmo a cada hora, conforme o quadro clínico dos pacientes. Na quarta-feira (último dado), com base nos números da SES (Secretaria Estadual de Saúde) a taxa era de 62,3%.

A página da pasta estadual não mostra os números de cada local, mas sim o percentual do dia para a DRS toda. Entretanto, a reportagem também teve acesso a um balanço feito com as unidades de saúde no dia 12 de junho, há exatamente uma semana. Pegando tal exemplo a taxa de ocupação estava em 66,66%, equivalente a 28 leitos (veja tabela). No dia 10, era de 69%. Sendo assim, é possível ver uma variação entre 66 e 69% nos últimos dias.

Porém, ainda analisando o cenário do dia 12 de junho, o mesmo número foi individualizado para cada unidade de saúde, que mostrou ocupação de 0% em alguns hospitais ou até mesmo mais que 100%, ou seja, com lotação e ou utilizando as UTIs convencionais. O caso mais crítico, no exemplo do dia 12 de junho, está o Hospital Iamada, em Prudente, com 150%. Mas a taxa é alta, por conta da baixa quantidade de leitos existentes: dois. E naquele dia, havia três pessoas internadas. Sendo assim, um paciente a mais já representava 50% de aumento.

Mas olhando nas unidades de saúde que dispõem de mais leitos, também havia cenários divergentes. Por exemplo, no HR (Hospital Regional de Prudente), que tem 10 leitos de UTI, na sexta-feira havia 12 internações. Isso dá uma taxa de ocupação de 120%. Também na maior cidade do oeste paulista, mas na Santa Casa, a ocupação era de nove dos 12 espaços reservados à Covid-19: 81,82%

Em nota, o Estado ressaltou que taxa de ocupação varia no decorrer do dia, em virtude de fatores como altas ou transferências para leitos de enfermaria, por exemplo. “Cabe acrescentar que a pasta mantém esquema especial de gestão de leitos hospitalares, para dar prioridade à internação de pacientes com quadros respiratórios agudos e graves. Além disso, há suporte da Cross [Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde], caso qualquer paciente precise ser transferido a unidade que possua recursos específicos, não disponíveis no serviço de origem do atendimento”, explica.

Na quarta-feira, por exemplo, última atualização no site da secretaria estadual, foi um dos dias que a DRS-11 mais teve novas internações, mas levando em conta tanto as UTIs quanto as enfermarias. No total, foram 23. O número perde apenas para o dia 13 de maio, quando foram 24.

MAIS LEITOS DE UTI

Como publicado por esse diário, em reunião realizada na capital paulista na terça-feira com o Executivo estadual e gestores regionais, foi sinalizado que a região ganhará mais leitos de UTI nos próximos dias. Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, sinalizou que seria feito “imediatamente”, quando os prefeitos e deputados presentes pediram por mais leitos. O encontro foi realizado para discutir a flexibilização da quarentena para os municípios da DRS-11.

 

LEITOS DE UTI NA DRS-11 (12 de junho)

HOSPITAIS

Exclusivos    para Covid

Vagos

Ocupados

Ocupação (%)

Dracena

Santa Casa

11

9

2

18,18

Presidente Prudente

Hospital Iamada

2

0

3

150

Hospital Nossa Sra. das Graças

3

3

0

0

Hospital Regional

10

0

12

120

Santa Casa

11

2

9

81,82

Presidente Venceslau

Santa Casa

4

2

2

50

Rancharia

Hospital e Maternidade

1

1

0

0

TOTAL/MÉDIA

42

17

28

66,66

Fonte: Apuração

 

 

 

Veja também