E isso foi tudo que aprendi com você até agora

Roberto Mancuzo

CRÔNICA - Roberto Mancuzo

Data 03/05/2022
Horário 06:00

Aprendi com você que dizer “Eu te amo” deveria ser obrigatório quase como fazemos com o “bom dia”, porque faz bem e nos deixa muito mais vivo;
Aprendi com você que eu preciso ouvir e me esforçar mais para compreender as pessoas porque nunca saberei mesmo “o que se passa no coração delas”;
Aprendi com você, que futebol não precisa ser feito de dribles espetaculares e de placares, mas sim da autoestima de quem errou de longe o gol, mas que grita “Quaaaaseeee”!
Aprendi com você que a oração mais bonita é aquela quando a gente faz baixinho mesmo, concentrado, mãozinha fechada, rosto pra baixo, pensando naqueles que a gente ama e em quem a gente quer ajudar. Simples assim; 
Aprendi com você que uma convulsão febril é capaz de fazer a nossa alma sair do corpo e aprendi nesse mesmo dia o poder de uma oração;
Aprendi com você que o azul dos seus olhos é igualzinho ao mar, que às vezes é calmo e sereno e outras pode se tornar muito confuso, tempestuoso, revolto. E mesmo assim será de um azul lindo;
Aprendi com você que o poder da imaginação pode transformar uma tampinha de caneta em uma espaçonave que nos levará a mundos incríveis;
Aprendi com você que um presente em papel crepom, com sua mão gravada em guache, é muito mais rico do que qualquer joia valiosa;
Aprendi com você que o desenho mais difícil de ser compreendido pode ser o quadro mais lindo que pintor nenhum conseguiu fazer até hoje;
Aprendi, no dia em que você nasceu, como é vencer a morte e como é possível recompor um coração devastado pelo luto;
Aprendi com você que um filme em família será sempre o nosso momento e o maior remédio para todo cansaço;
Aprendi com você que o que eu sabia sobre o amor entre irmãos poderia ser ainda mais ressignificado;  
Isso foi tudo o que aprendi com você, Pedro. 
E você só tem 9 anos!
Parabéns pelo seu dia, filhão! 
 

Veja também