Eleito em Pirapozinho, Valdir Assef fala sobre desafio para próximo ano

Candidato pelo MDB, ele obteve 8.262 votos, equivalente a 57,11% dos registrados no domingo de votação

Eleições - THIAGO MORELLO

Data 02/12/2020
Horário 07:19
Foto: Reprodução/Facebook
Valdir (à esq.) e o vice Lucas Padovan Santos Pavani
Valdir (à esq.) e o vice Lucas Padovan Santos Pavani

No domingo das eleições, o candidato em disputa ao cargo máximo do Executivo de Pirapozinho, Valdir Assef (MDB), saiu na frente nas urnas e conseguiu ser eleito com 8.262 votos, o que representa 57,11% do público votante do dia. Ao jornal O Imparcial, ele falou um pouco sobre o desafio que lhe espera para o ano de 2021.
Desafio, pois, de acordo com ele, o próximo ano é muito aguardado por todos, “em vista do 2020 problemático que tivemos, o que faz com que qualquer administrador público” que estará à frente das gestões das cidades, tenha um trabalho a mais.
Dito isso, o eleito primeiramente agradece à população sobre a eleição e diz que recebeu a vitória com “muita alegria e satisfação”. À reportagem, Valdir ainda frisa que “durante toda a campanha trabalhou muito por esse resultado” e que já esperava por ele. “É o reconhecimento de muitos, que reflete na confiança para poder trabalhar”, completa.
Sendo assim, logo que assumir a cadeira, ele entende que o primeiro passo é tomar pé da situação. “Já temos uma equipe tomando conta disso e vendo como está toda a situação do Executivo, para iniciar esse processo de transição. Tudo está sendo visto: líquidos, despesas, folha de pagamento, enfim, estamos identificando tudo para ser definido o que deve ser feito, a partir do nosso plano de governo”, afirma.
Mas, de modo geral, Valdir pontua que quer utilizar os próximos quatro anos para cumprir com os compromissos assumidos. “Será uma gestão totalmente responsável, voltada para tudo e todos, mas enfatizada à educação, saúde, geração de emprego e habitação”, destaca. O futuro chefe do Executivo ainda complementa que se considera preparado para tudo isso mencionado, “principalmente pela bagagem na área empresarial e administrativa”.

SAIBA MAIS

Executivo: primeira mulher eleita em Teodoro Sampaio

Roger Gasques comenta expectativas com novo mandato

Veja também