Publicidade

Em Bonito, a natureza reina soberana

Importante destino ecológico oferece aos visitantes a possibilidade de observação da fauna e flora

TURISMO - Da Reportagem Local

Data 22/12/2019
Horário 04:25
Piraputangas, dourados, piaus, corimbas e outros peixes aparecem para dar boas-vindas aos turistas Foto: Piraputangas, dourados, piaus, corimbas e outros peixes aparecem para dar boas-vindas aos turistas

O município de Bonito, no Mato Grosso do Sul, é conhecido como “paraíso das águas”. E se o codinome que recebeu não é mera força de expressão, também pode-se dizer que uma cidade nunca mereceu tanto o nome que tem. De fato, quem vai a Bonito não tem como ficar indiferente com a limpidez das águas dos rios e a beleza da paisagem do lugar.

Bonito é um paraíso para quem gosta de praticar rapel, mergulho, trekking, cavalgada, motocross, rafting ou para os que preferem simplesmente contemplar a natureza.

Distante 600 km (quilômetros) de Presidente Prudente e 1.200 km de São Paulo, a região de Bonito possui centenas de cachoeiras, lagos, rios, mais de 80 cavernas, grutas e paredões rochosos e flora e fauna riquíssimas.

Para quem pensa que uma quantidade tão grande de atrações ecológicas em uma mesma região não apresenta diferenças, Bonito desfaz esta ideia. Cada passeio reserva uma surpresa e tem beleza e característica próprias.

Berço de três rios de águas cristalinas - Baía Bonita, Prata e Sucuri -, uma viagem pelas águas de pelo menos um destes sítios ecológicos é obrigatória para quem visita a região. Os passeios são feitos por meio de flutuação, com roupas de neoprene e snorkel, proporcionando ao visitante um contato direto com peixes e plantas e uma visão deslumbrante da paisagem que existe no fundo dos rios.

A visão de uma catedral gótica decorada com esculturas naturais faz de uma visita a uma das grutas ou cavernas da região um passeio imperdível.

Para contemplar a região e fazer um programa divertido, o passeio de bote pelo Rio Formoso está em quase todos os roteiros de quem vai a Bonito. O rio tem pequenas cachoeiras e quedas d‘água que proporcionam um rafting leve e que pode ser feito até por crianças.

 

Veja a seguir alguns dos principais roteiros de Bonito:

Gruta do Lago Azul

Após uma descida de 100 m (metros), o visitante chega a um lago de águas azuis. O teto e o piso da gruta são repletos de espeleotemas de várias formas.

Rio Sucuri

Apesar do nome, o Rio Sucuri não apresenta qualquer perigo. São 2 km de descida em uma leve correnteza onde se pode fazer flutuação com snorkel para observar a fauna e a flora subaquática. O Sucuri é um dos rios mais cristalinos da região.

Rio Formoso

Percurso de 8 km feito em balsas de borracha infláveis até a Ilha do Padre, passando por três cachoeiras e uma corredeira. Durante o passeio, pode-se ver vários pássaros da região. O rafting leve pode ser feito até por crianças e idosos.

Ilha do Padre

As inúmeras cachoeiras e piscinas naturais no meio do Rio Formoso são as atrações da Ilha do Padre. A infraestrutura é simples, com lugar para fazer camping com banheiros, chuveiros, churrasqueiras, piscina para crianças e quadra de vôlei de areia. Não é necessário acompanhamento de guia turístico.

Balneário

Fica às margens do Rio Formoso. Nadar entre piraputangas, dourados e corimbas e tomar banho de cachoeiras são os atrativos deste balneário. Uma carretilha com a qual se pode deslizar por uma corda até cair no rio, uma quadra de vôlei, um campo de futebol e a observação de aves e macacos completam o passeio.

 

Passageiros da agência Vencestur, no divertido rafting pelo Rio Formoso

Veja também