Entrega de declarações do Imposto de Renda supera expectativas na região de Prudente

Prazo final foi terça-feira para que contribuintes transmitissem seus dados para a Receita Federal; processo ainda pode ser feito, mas sujeito a multas

REGIÃO - GABRIEL BUOSI

Data 02/07/2020
Horário 06:00
 Arquivo: Prazo para entregas terminou, mas contribuintes podem regularizar Foto:  Arquivo: Prazo para entregas terminou, mas contribuintes podem regularizar

O número de declarações do IR (Imposto de Renda) 2020 recebidas pela Receita Federal na cidade e também na região de Presidente Prudente superaram as expetativas do “Leão” em relação ao que deveria ser enviado pelos contribuintes. Isso porque, conforme a instituição, até a noite de terça-feira, último dia para o prazo de entregas, a cidade contabilizou 50.196 declarações, sendo que esperava 49.806, e a região computou 148.154, das 147.489 estimadas.

De acordo com a Receita Federal, a diferença de recebimento a mais se deve ao fato de que a quantidade esperada é estabelecida a partir de um cálculo que a instituição realiza, com base no total de entregas do ano imediatamente anterior. “O total esperado não é um valor estanque, de forma que pode variar para mais ou para menos”.

E quem não entregou?
Vale destacar que aqueles que não tiverem enviado suas declarações dentro do prazo, poderão ainda transmitir os dados já desde ontem, mas sujeitos ao pagamento de multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.

Quem deve declara?
Lembrando que entre aqueles que estão obrigados a declarar estão os contribuintes que receberam no ano passado rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70, rendimentos de atividades rurais acima de R$ 142.798,50 ou rendimentos isentos – não tributáveis ou tributados somente na fonte –, cuja soma seja superior a R$ 40 mil.

 

 

 

 

Veja também