Facção paulista é alvo de operação da Polícia Federal

Objetivo da investigação é evitar que o grupo se estabeleça de vez em outros Estados, principalmente, no Rio de Janeiro

Geral - ROBERTO KAWASAKI

Data 25/08/2020
Horário 11:37
Geovanni Gomves - Mandados também são cumpridos no Mato Grosso do Sul Geovanni Gomves - Mandados também são cumpridos no Mato Grosso do Sul Imagem: Geovanni Gomves - Mandados também são cumpridos no Mato Grosso do Sul

A Polícia Federal deflagrou hoje a Operação Expurgo, cujo alvo é a facção criminosa paulista que atua dentro e fora do Estado. Desde o começo da manhã, os agentes cumprem 27 mandados de prisão preventiva e dez de busca e apreensãso contra acusados de integrar o grupo. 

Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Criminal de Bangu (RJ), e estão sendo cumpridos no Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Minas Gerais, Pará e Mato Grosso do Sul.

Conforme a polícia, em dezembro de 2018 investigações mostraram que a liderança tinha um plano de se expandir para o Estado do Rio de Janeiro, através de alianças com grupos criminosos.

Apesar de o grupo já atuar em território carioca, a Polícia Federal quer evitar que ele se estabeleça de vez no Estado.

Muitas das lideranças já estão presas e continuam controlando as atividades criminosas de dentro de presídios do Rio e de outros estados, com o uso de aplicativos.

De acordo com a polícia, os presos na operação estão sendo investigados por participação em organização criminosa e tráfico de drogas e armas.

SAIBA MAIS

Marcola vira réu acusado de mandar matar autoridades

Série documental sobre PCC traz imagens gravadas em Prudente

Bilhete achado com preso pede morte de Gakiya e coordenador de unidades prisionais de SP

Veja também