Família de Isabela busca forças após 2 perdas

Mãe de estudante morta em acidente conta que a união ajudará na retomada da vida

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 29/07/2020
Horário 07:32
Arquivo pessoal - Thais (à esq.), Thiago, Manoel, Fátima, Letícia, Isabela e Diego Foto: Arquivo pessoal - Thais (à esq.), Thiago, Manoel, Fátima, Letícia, Isabela e Diego

Mal havia completado um ano de falecimento do patriarca, e a família Rosário vivenciava uma nova perda, a de Thais dos Anjos Rosário, aos 26 anos. A estudante morreu em um capotamento de veículo no começo de julho deste ano, na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Rancharia. A tragédia mexeu com o psicológico dos familiares, que têm buscado forças para enfrentar o sentimento de luto.

Fátima Pereira dos Anjos Rosário, 52 anos, é mãe de Thais, a primogênita, e de mais dois filhos: Diego dos Anjos Rosário, o do meio; e Thiago dos Anjos Rosário, o caçula. A família cresceu no campo, mais precisamente no distrito de Montalvão. Foi lá que Fátima, junto com o marido, Manoel Pompei do Rosário, desenvolveu os trabalhos na lavoura. 

Após celebrar os 30 anos de união com Fátima, Manoel descobriu um câncer e perdeu a batalha contra a doença.

“Sempre fomos muito unidos”, lembra a matriarca. “Depois do falecimento eu não consegui mais continuar [a trabalhar], não deu tempo de voltar a caminhar e perdemos a Thais”, lamenta. Ela conta que a presença dos amigos e conhecidos tem ajudado a se reerguer, além das mensagens positivas que recebe.

"O dom mais precioso"

“Nossa alma não é exclusiva, é montada por pessoas, a família monta a gente”, afirma Thiago, 20 anos, o filho mais novo de Fátima. Após a morte da irmã, ajuda a mãe a cuidar da sobrinha Isabela, que sobreviveu ao acidente. Além dele, a “força-tarefa” conta com o auxílio do irmão, a cunhada Letícia e os avós paternos da menina. “Ao mesmo tempo em que o momento é difícil [pela morte], também é de alegria, porque nem tudo foi perdido”, salienta o rapaz.

Para Fátima, a união entre a família, e que vai ajudar trazer o brilho pelas manhãs, é o legado repassado para a geração: “O que sempre prevaleceu foi o amor entre a gente, este é o dom mais precioso que temos e que foi construído por mim e meu esposo”.

SAIBA MAIS

Menina Isabela, vítima de acidente, se recupera no HR

Moradora de Prudente morre em capotamento na rodovia

Filha de jovem morta em acidente precisa de doação de sangue

Veja também