Inovação no sistema bancário

Luis Isique

COLUNA - Luis Isique

Data 06/05/2021
Horário 06:00

Já imaginou trocar de banco sem trocar de conta bancária? Ou ainda, utilizar o crédito de um banco sem ter conta nele? O sistema foi pioneiro no Reino Unido e tem como objetivo facilitar para o usuário e incentivar a competição de serviços bancários, como já está acontecendo com o Pix.
Bom, vamos lá. Com o sistema Open Banking, o banco deixa de ter a propriedade da sua conta bancária, isso significa que sua conta bancária será exclusiva sua e quando você precisar trocar de banco, a sua conta permanece a mesma, parecido com o que aconteceu com nossos números de telefone celular.
Outra vantagem é que o sistema Open Banking permite que as instituições participantes compartilhem o histórico bancário do cliente, se ele (cliente) assim permitir. Com isso, fica mais fácil de obter crédito para os bons pagadores, pois mesmo sendo um bom pagador, o seu banco não disponibiliza uma linha de crédito, mas outro banco sim. Porém, ele pode negar lhe dar o crédito, por não ter seu histórico bancário. Isso ainda permite que as taxas bancárias sejam mais competitivas, ou seja, os bancos conseguem ver sua "vida" financeira e vão oferecer mais crédito a juros mais baixos.
Além de taxas mais atrativas, os bancos começam a investir na experiência do cliente, proporcionando melhores produtos e serviços com melhores condições.
O passo a passo de como o sistema de Open Banking vai funcionar no Brasil ainda não está fechado, mas sabe-se que um processo já está bem desenhado, por exemplo: Você pede um empréstimo ou serviço para um banco, chamaremos de banco B, mas você tem conta no banco A. Quando houver uma solicitação de compartilhamento de informações bancárias do banco B para o banco A, o banco A irá confirmar se você quer mesmo compartilhar as informações. Se aprovado, o banco B inicia a análise do seu perfil financeiro e, em seguida, informa as condições e valores para a sua operação financeira.
Algumas vantagens interessantes que poderão ser aplicadas: ao comprar um produto em uma loja online, na finalização você pode escolher pagar na função crédito de um banco que você não tem conta, mas os juros estão melhores. Outra possibilidade, no mesmo aplicativo você pode escolher diferentes opções e produtos financeiros. 
Desde 1º de fevereiro, as instituições financeiras já podem oferecer dentro de suas plataformas digitais os serviços do sistema Open Banking, porém, só os usuários finais poderão ter acesso a partir de 15 de julho de 2021.
O Banco Central recomenda que o fluxo da autorização para compartilhar os dados e poder usufruir de todas as vantagens seja realizada através do próprio aplicativo do seu banco ou internet banking.
 

Veja também