Máscaras

JOSÉ COSTA

COLUNA - JOSÉ COSTA

Data 26/11/2020
Horário 03:37

Na volta às aulas das escolas estaduais, parte das máscaras e outros equipamentos de proteção individual entregues a alunos e professores é produzida por detentos do sistema penitenciário do Estado de São Paulo. Na região de Presidente Prudente, 26 presidiárias da Penitenciária Feminina de Tupi Paulista produziram 61.603 máscaras reutilizáveis.

Exportar mão de obra

Concluir a graduação e, logo em seguida, entrar no emprego dos sonhos nos Estados Unidos é a meta de muitos jovens. Esse sonho foi alcançado pela ex-aluna do curso de Agronomia da UniFAI (Centro Universitário de Adamantina), Jaqueline Boni, que foi contratada por uma empresa norte-americana e está naquele país desde fevereiro deste ano.

Outra Adamantina

Este mês de novembro ainda não acabou, mas já pode servir como prova de que Julia Barbosa, 16 anos, cada vez mais, tem deixado de ser uma promessa e vai virando uma realidade no lançamento de disco brasileiro. Em um intervalo de duas semanas, a atleta de Adamantina somou um bronze no Campeonato Brasileiro Sub-20, conquistou o bi e melhorou sua marca pessoal no Sub-18. As façanhas mais recentes foram no Brasileiro Sub-18, realizado neste último final de semana, no estádio do CNDA (Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo), em Bragança Paulista (SP). Julia Barbosa lançou 40,04 metros, ficou com o ouro e fez um índice melhor em relação ao que deu a ela o título de 2019, quando alcançou 39,48 metros em Porto Alegre (RS).

Onça parda

Na manhã desta terça-feira, o Corpo de Bombeiros de Tupã foi acionado por trabalhadores de uma obra no município de Iacri, pois dentro de um banheiro em construção encontraram uma onça parda. Rapidamente a equipe de salvamento se deslocou para o atendimento, sendo acompanhado pelo veterinário Wilson Aguiari.

#ForaDoria

Uma carreata "A força que vem do interior - #ForaDoria", realizada na tarde do dia 20, em Adamantina, organizada pelas regionais do CPP (Centro do Professorado Paulista) de Adamantina, Dracena e Panorama, e ainda pela sede regional da Apampesp (Associação de Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo), levou cerca de 150 veículos às principais ruas da cidade. A manifestação foi em protesto aos descontos previdenciários do Decreto 65. 021/20, assinado por Doria, que aumenta a cobrança de contribuição previdenciária junto aos servidores estaduais, para quem recebe mais de um salário mínimo, alegando a ocorrência de déficit atuarial no Regime Próprio de Previdência do Estado. O ato também se posicionou contra o aumento na contribuição do Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo), como também a contribuição para os que já estão aposentados. “Já paguei durante a vida e esse desconto me garante outra aposentadoria?”, indagou um participante.

INCOESP

A produção de tijolos na região oeste do Estado voltou a se restabelecer. Segundo a Incoesp, entidade que representa as cerâmicas do oeste paulista, com sede em Panorama, o comércio de tijolos teve um aquecimento e tudo que se produz é vendido. A região de Bauru está sendo um grande ponto de venda. Com isso, algumas cerâmicas estão contratando novos funcionários.

Solidariedade por Sofia

Uma garotinha de Parapuã precisa de uma cirurgia e a família não tem condições de arcar com a operação. Por isso, familiares da pequena Sofia fazem uma campanha em prol de arrecadação de recursos para a cirurgia. Sofia nasceu com má formação no rim direito e faz uso contínuo de fralda devido à incontinência urinária causada por este problema. Ela começou a sentir várias dores abdominais, aumento frequente de incontinência, e os familiares foram procurar especialista em Botucatu, que deu o diagnóstico e sugeriu uma cirurgia de imediato para evitar riscos maiores.

Como ajudar

A mãe da criança, a diarista Maria Rosângela, não tem os R$ 15 mil para a cirurgia e faz um apelo para que pessoas de bom coração ajudem nesta campanha, que é de conhecimento de todos na cidade. Ela mora na Rua Paraná, 1.097, em Parapuã. O telefone para colaborações é o (18) 99770-4240. As contas bancárias para doações são: Banco do Brasil – Agência 2405-8, conta-poupança 7.060-2 (variação 51) e Banco Santander: conta-corrente – Agência 0548 e conta-poupança 01011681-1.

Veja também