Mulheres com deficiência do Pontal recebem programa de empoderamento

Governo do Estado e Unipontal firmaram parceria para implantação do "TODAS in-Rede" em 32 cidades da região, visando incentivo à autonomia deste público

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 06/10/2021
Horário 15:36
Foto: Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência
Lançamento ocorreu na manhã desta quarta-feira, no Centro Cultural Matarazzo
Lançamento ocorreu na manhã desta quarta-feira, no Centro Cultural Matarazzo

Nesta quarta-feira, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo realizou o lançamento regional do programa "TODAS in-Rede" aos 32 municípios do Pontal do Paranapanema, em Presidente Prudente.

A secretária Célia Leão firmou parceria com assinatura de protocolo de intenções com a Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema), no Centro Cultural Matarazzo.

Ao aderir ao programa, os municípios recebem vagas para capacitação dos profissionais da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) para atendimento às mulheres com deficiência vítimas de violência e às mulheres com deficiência; oferta de cursos de incentivo ao empreendedorismo; e informações diversas para o exercício da sua autonomia.

"O TODAS in-Rede é um programa que, além de beneficiar as mulheres com deficiência, sensibiliza a população em geral para garantir a qualidade de vida e inclusão social dessas mulheres. Hoje estamos garantindo os direitos das mulheres com deficiência de Presidente Prudente e região", afirmou Célia.

O evento presencial contou com acessibilidade e interpretação de Libras (Língua Brasileira de Sinais). Cerca 150 pessoas marcaram presença. Além da secretária Célia Leão, participaram a primeira-dama e presidente do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria; a coordenadora das Delegacias de Defesa da Mulher do Estado de São Paulo, Jamila Ferrari; o prefeito de Presidente Prudente e diretor da Unipontal, Ed Thomas (PSB); e outras autoridades locais.

A presidente do Fundo Social ressaltou a importância do programa. "Toda mulher merece e precisa ter acesso às informações sobre seus direitos, sejam relacionados a emprego, violência, empoderamento e autoestima, entre tantos outros. Estamos aqui para dar cada vez mais voz às mulheres com deficiência do Estado de São Paulo", disse Bia Doria.

TODAS in-Rede

O programa "TODAS in-Rede", da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, visa o empoderamento das mulheres com deficiência do Estado de São Paulo, buscando sua autonomia em diversos pilares como o acesso à informação, trabalho, renda e autonomia financeira; exercício dos direitos afetivos, sexuais e reprodutivos; prevenção à violência; e autoestima e liderança.

Segundo dados da Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência (www.basededadosdeficiencia.sp.gov.br), no Estado de São Paulo existem mais de 1,7 milhão de mulheres com deficiência. Dos empregos formais ocupados por pessoas com deficiência, apenas 37% são ocupados por mulheres. Em violência e gênero, até junho de 2021 foram registrados mais de 1,7 mil boletins de ocorrência.

Para conhecer melhor o programa, basta acessar o site todasinrede.sp.gov.br.

Veja também