Novas praças de pedágio iniciam operação nesta quarta-feira em Indiana e Rancharia

Usuário frequente pagará valor reduzido a partir da segunda passagem em pista automática

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 27/07/2021
Horário 08:47
Foto: Ilustrativa/Eixo SP
Ao todo, cinco praças de pedágio estão em funcionamento na região de Presidente Prudente
Ao todo, cinco praças de pedágio estão em funcionamento na região de Presidente Prudente

Foi publicada no no DOE (Diário Oficial do Estado) de hoje a autorização para o funcionamento de mais duas praças de pedágio na região de Presidente Prudente. Conforme a concessionária Eixo SP, as operações começarão a partir da 0h desta quarta-feira.

O credenciamento pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e Secretaria de Transportes ocorre após o cumprimento contratual de melhorias no pavimento e na sinalização, além da estrutura de serviços oferecida, inseridas no Programa Intensivo Inicial (PII).  

Conforme deliberação da Secretaria de Transportes, a operação é iniciada na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), km 436, em Indiana; e Rodovia Prefeito Homero Severo Lins (SP-284), km 531+200, em Rancharia. Os valores da cobrança estarão expostos nas placas informativas. Confira: 


Eixo-SP

Desconto no pagamento

De acordo com a concessionária, a partir desta fase, como previsto em contrato, pela primeira vez no Brasil, motoristas que viajam pelas 12 rodovias administradas pela Eixo SP terão descontos por uso contínuo, o DUF (Desconto de Usuário Frequente). “A inovação está integrada às operadoras do sistema eletrônico de pagamento de pedágio. Na prática, o desconto para veículos de passeio [categoria 1] começa a contar a partir da segunda passagem realizada na mesma praça de pedágio, no mesmo sentido de fluxo e dentro de um mesmo mês calendário”, explica.

“A redução progressiva ocorre até a 30ª viagem no mês, conforme percentual fixo de redução em relação à tarifa cobrada na viagem anterior, até atingir a tarifa mínima determinada para a praça de pedágio, dentro de um mesmo mês calendário”, salienta a Eixo SP. Já a partir da 31ª viagem no mês, a tarifa mínima será cobrada em todas as viagens adicionais até o final do respectivo mês calendário. “Os valores serão descontados automaticamente para o pagamento da fatura enviada pela operadora da tag instalada no veículo”. 

Os usuários de qualquer categoria de veículo que utilizam as pistas automáticas com as tags nas rodovias da Eixo SP, também recebem desconto no pagamento das tarifas, de 5%. De acordo com a concessionária, o benefício para veículos na categoria 1 é válido na primeira passagem no mês calendário. A partir da segunda passagem, ocorre a inclusão automática no sistema DUF.

Operação de novas praças

O cronograma do contrato de concessão prevê a operação de 16 praças, sendo que na região, cinco delas estão em funcionamento e outras duas aguardam liberação, ambas na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, são elas: km 623+100, em Pacaembu; e km 670+800, em Santa Mercedes. 

Conforme a Eixo SP, o início das operações ocorrerá de maneira progressiva. “Todas as praças de pedágio contam com lombadas eletrônicas nas pistas automáticas e mistas. A velocidade estabelecida na região que abrange as praças é de 40 km/h”, explica a concessionária.

“Maior concessão rodoviária do país, a Eixo SP irá contribuir com o desenvolvimento dos municípios. O repasse do ISS [Imposto Sobre Serviços] pela operação das praças, além da operação nos 62 municípios, prevê a injeção de R$ 2 bilhões ao longo da concessão aos cofres das prefeituras, valores que irão contribuir em serviços como saúde, educação e infraestrutura”, salienta. 

SAIBA MAIS

Praças de pedágios iniciam operações na região 

Praça de pedágio da SP-425, em Indiana, gera confusão entre usuários

Novos pedágios passam a operar com lombadas eletrônicas

Veja também