O dia mais belo

OPINIÃO - Sandro Rogério dos Santos

Data 20/09/2020
Horário 04:51

Dias cinzentos costumam acabrunhar as pessoas; basta um pouco da beleza se esconder para então a feiura dominar a paisagem. Conversas ocas, assuntos distorcidos, temas opacos e secos (como doença, violência, desemprego, fome, perda, separação, ódio, vingança, morte...) acinzentam e enfeiam não apenas um dia, mas a vida inteira. Também existe o contrário. Paisagens pintadas/coloridas com a própria vida. Há quem sai de casa cheio de tintas para colorir o mundo; pessoas rendidas à vida a tal ponto que deixam um rastro de beleza por onde passam. Fazem-no por meio de uma palavra, um sorriso, a acolhida, a escuta sincera, atos de caridade, esperança e misericórdia a revelar atos de fé em Deus, na humanidade e na vida.
Um exemplo impactante é a vida de Madre Teresa (cujo nome por humildade se inspira em Santa Teresa de Lisieux). De suas muitas e belas passagens, chega a ser revolucionário que “não devemos permitir que alguém saia de nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz”. Isso é tornar todo e cada encontro numa possibilidade transformadora e salvífica do dia e da vida de alguém.
Quiçá desnecessário, nunca demais lembrar, Madre Teresa se tornou conhecida pelo seu trabalho junto aos mais pobres dos pobres com as Missionárias da Caridade – Congregação fundada por ela em Calcutá, na Índia. O seu trabalho e espiritualidade despertaram admiração mundial. Tendo morrido em 5 de setembro de 1997, aos 87 anos, foi beatificada apenas seis anos depois por São João Paulo II, em 19 de outubro de 2003, e canonizada pelo papa Francisco em 4 de setembro de 2016. Para tentar pintar o seu dia com as cores da vida, e você colorir o dia de alguém, segue uma poesia da santa:
“O dia mais belo? Hoje. A coisa mais fácil? Equivocar-se. O maior obstáculo? Medo. O maior erro? Abandonar-se. A raiz de todos os males? Egoísmo. A distração mais bela? Trabalho. A pior derrota? Desalento. Os maiores professores? Crianças. A primeira necessidade? Comunicar-se. De mais feliz a se fazer? Ser útil aos demais. O maior mistério? A morte. O pior defeito? O mau humor. A pessoa mais perigosa? A mentirosa. O pior sentimento? O rancor. O presente mais belo? O perdão. O mais imprescindível? Orar. O caminho mais rápido? O correto. A sensação mais grata? A paz interior. A expressão mais eficaz? O sorriso. O melhor remédio? O otimismo. A maior satisfação? O dever cumprido. A força mais potente do universo? A fé. As pessoas mais necessárias? Os pais. A coisa mais bela de todas? O amor”.
Seja bom o seu dia e abençoada a sua vida. Pax!!!
 

Veja também