Paulo Skaf pretende ampliar produtividade da cana

Eleições - THIAGO MORELLO

Data 31/08/2018
Horário 08:26
Thiago Morello - Paulo Skaf (MDB) é candidato ao governo do Estado
Thiago Morello - Paulo Skaf (MDB) é candidato ao governo do Estado

Por diversas vezes, o oeste paulista é e foi considerado uma das principais regiões do Estado de São Paulo ricas no agronegócio. Pensando nesse público e, consequentemente, na geração de emprego no campo, o candidato a governador Paulo Skaf (MDB) diz que pretende ampliar a produtividade de cana-de-açúcar na região, caso eleito. Ele esteve ontem, em Presidente Prudente, onde cumpriu agenda política.

E como fazer isso? Questionado, Skaf explica que para produção citada, bem como outros alimentos, pretende apoiar as cooperativas, apoiar o agronegócio paulista e promover um programa ágil de regularização ambiental. Para ele, a região já possui condições de produzir tais ações, no entanto, falta empenho.

“No caso da regularização ambiental, estão paradas através de liminares judiciais. Se eleito, como governador eu vou destravar isso. Competência o produtor rural tem, ele só precisa de auxílio”, completa. Ainda no que diz respeito à cana-de-açúcar, o candidato entende que a produção estagnou com o tempo, apesar da mecanização.

A segurança no campo também foi citada pelo candidato. Segundo ele, por meio da estimulação de cursos, vai fazer com que as Etecs (Escola Técnica Estadual) e Fatecs (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo) levem mais estruturas aos produtores. “Isso por meio da tecnologia, com estudos técnicos que viabilizam melhorias na área rural”, pontua.

Ademais, o emedebista, presidente do Fiesp/Ciesp (Federação/Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), não deixou de citar apoio às indústrias. Isso deve ser feito, em seu governo, com um “pacote de medidas” que acabe com a guerra fiscal entre os Estados, e que possa estimular a vinda de demais empresas à região.

Saúde Pública

Na ocasião, também foi exposto a Skaf a situação da saúde pública regional, principalmente no que tange à falta de leitos nas UTIs, (Unidade de Terapia Intensiva), assunto atual. E para ele, isso é reflexo de uma “gestão da saúde ruim”. Segundo o candidato, “as instalações que existem são ocupadas pela metade e tem capacidade de dobrar o atendimento, e isso deve ser feito com o recurso que já existe”. Na situação em que houver necessidade, ele promete construir novos hospitais. “Ou falta médico, ou remédio ou equipamentos. O Estado tem que coordenar a saúde. Ele não pode deixar na mão das prefeituras”, finaliza.

CANDIDATO AO CARGO DE GOVERNADOR

Nome completo: Paulo Antônio Skaf

Nome para urna: Paulo Skaf

Idade: 63 anos

Estado civil, filhos: Casado, 5 filhos

Grau de instrução: Superior incompleto

Ocupação: Empresário

Partido: MDB

Coligação: Sem coligação

Histórico político, candidaturas: Candidato a governador em 2014

Veja também