Prévia tucana

Homéro Ferreira

COLUNA - Homéro Ferreira

Data 21/11/2021
Horário 04:12

Este domingo é de prévia nacional do PSDB para escolha do candidato à presidência da República. São 44,7mil (3%) de 1,3 milhão de filiados que se cadastraram para votar por aplicativo especialmente desenvolvido para esta finalidade. 

EM BRASILIA 
Apenas em Brasília a votação ocorre em urna eletrônica, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A previsão é de 700 filiados: governadores, prefeitos, vices, senadores, deputados e ex-presidentes da executiva nacional. 

EM PRUDENTE 
Embora a votação seja por aplicativo, em Presidente Prudente o escritório do deputado estadual Mauro Bragato funciona para dirimir dúvidas. A votação ocorre das 8h às 15h, com o resultado previsto para às 17h. 

TRÊS CANDIDATOS 
Estão programados para Brasília os três pré-candidatos: Arthur Virgílio, ex-prefeito de Manaus; Eduardo Leite, governador do Rio grande do Sul; e João Doria, governador de São Paulo. Se não houver maioria absoluta de votos, haverá 2º turno dia 28.

PROTAGONISTAS
Virgílio é visto como mero coadjuvante, com o protagonismo para Leite e Doria, que aparecem nas pesquisas com índices inferiores a 5% nas intenções de voto do eleitorado brasileiro para escolha do presidente no ano que vem.

A MOBILIZAÇÃO 
Os indícios são de que Doria seja o escolhido para ser candidato, incluindo o fato de que no Estado de São Paulo conseguiu cadastrar no aplicativo 62% dos filiados. Em sua caminhada em busca de votos, Doria percorreu as principais cidades, incluindo Prudente.

ADJETIVOS FORTES     
Nas trocas de farpas, Leite não poupou adjetivos e disse que o uso político e eleitoral da vacina por Doria é indevido, injusto, imoral, oportunista, antiético e mesquinho; nitidamente usado como perspectiva de vitória na prévia do PSDB. 

GUERRA DE NERVOS 
Nessa guerra de nervos, Doria dispara contra Leite dizendo que prefere acreditar que o Brasil desejará eleger em 2022 um líder transformador, não alguém conveniente. E bate mais pesado ainda, ao dizer que o Brasil não elegeria um fraco para presidente.

ÓTIMA ESCOLHA
Na solenidade de encerramento da Semana da Consciência Negra, realizada na noite de sexta-feira na Câmara Municipal, destaque para o mestre de cerimônias Gleyson Tadeu, servidor da casa, presidente no Tucanafro e representante do deputado Bragato. 

MULHER NEGRA
Por decisão da mesa diretora presidida por Demerson Dias (PSB), a presidência da solenidade foi destinada à primeira mulher negra eleita vereadora em Presidente Prudente, Nathalia Gonzaga (PSDB). 

AS SECRETARIAS 
A primeira secretaria foi exercida pelo vereador Professor Negativo (Podemos) e a segunda secretaria pelo vereador Anderson Silva (PSB), ex-presidente do Conselho Municipal da Igualdade Racial. 

DECISÃO DA MESA 
A decisão de dar à cerimônia esse tom especial envolveu Demerson, o primeiro secretário Mauro Neves (Podemos) e Enio Perrone (DEM), o autor da lei dessa celebração na Câmara, juntamente com a ex-vereadora Alba Lucena.

Veja também