Programa da PM traz mudanças em Primavera

Vizinhança Solidária colhe os resultados da iniciativa que começou há dois meses, no setor leste do distrito

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 27/09/2020
Horário 11:17
Cedida - Placa do PVS instalada no setor leste de Primavera Cedida - Placa do PVS instalada no setor leste de Primavera Imagem: Cedida - Placa do PVS instalada no setor leste de Primavera

No começo de agosto, a reportagem noticiou a instalação do PVS (Programa Vizinhança Solidária) em Primavera, distrito de  Rosana - projeto da Polícia Militar que reúne a comunidade de um mesmo bairro em prol da melhoria na segurança pública. Praticamente dois meses após o início da união, o programa já traz resultados aos mais de 250 moradores do setor leste.

O PVS visa dar “protagonismo” aos munícipes, que são convidados a participar e dar opiniões sobre a segurança do bairro. De acordo com Simei Etore Germano, líder do programa no bairro e presidente do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança), os reflexos da parceria entre polícia e comunidade já foram sentidos logo no primeiro mês.

“Tínhamos um problema sério de tráfico e uso de drogas na praça, o que foi expurgado”, afirma.

Conforme o representante, que mora há 35 anos no local, a situação era antiga, e muitas vezes resolvida na base do diálogo. No entanto, os frequentadores retornavam e faziam o uso dos entorpecentes perto de idosos e crianças que utilizam o espaço para lazer. Além da sociedade vigilante, as placas e faixas instaladas também causam a intimidação nos infratores. 

Programa em expansão

Tamanha a aproximação entre os vizinhos, que o grupo de WhatsApp criado por eles virou uma “central” de informações sobre alertas, dicas de segurança pública e ajuda social. Isso mostra que a ideia tem dado certo, e servido de exemplo para outras comunidades. De acordo com o 1º tenente-PM Adriano Loureiro, comandante do 2º Pelotão de Polícia Militar em Rosana, na cidade há dois grupos que se interessaram pelo PVS.

A iniciativa ainda está sendo discutida, no aguardo de reuniões para expansão aos munícipes. Além da cidade vizinha, houve interesse também em Presidente Venceslau para que os envolvidos apresentassem o trabalho. “Tem surtido muito efeito, o pessoal está bastante envolvido”, reforça o tutor do programa em Primavera. “É vizinho cuidando de vizinho”.

Foto: Cedida


Antes do projeto, praça era utilizada por traficantes e usuários de drogas

SAIBA MAIS

Projeto estreita relação entre PM e comunidade

Veja também