Três novos padres

Diocese Informa

COLUNA - Diocese Informa

Data 25/04/2021
Horário 05:49

A Diocese de Presidente Prudente ganhará três padres no próximo dia 1º de maio de 2021. Os diáconos Rafael Moreira Campos – “Escuta, filho, os preceitos do mestre, e inclina o ouvido do teu coração" (Prólogo da Regra de São Bento), Rafael Sotocorno – “Eis que venho fazer com prazer a vossa vontade Senhor (Sl 39,8-9)” e Rodrigo Fernandes do Nascimento – “Já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim" (Gl 2,20), serão ordenados sacerdotes, na Paróquia Santa Rita de Cássia, em Presidente Prudente, às 10h, pela imposição das mãos e oração consecratória de Sua Excelência Reverendíssima dom Benedito Gonçalves dos Santos, bispo diocesano de Presidente Prudente. Após anos de formação inicial, os três futuros padres, foram ordenados diáconos no dia 11 de dezembro de 2020. Desde lá cada um deles desempenha seu ministério em uma paróquia, a saber: Paróquia São João Batista e Nossa Senhora Aparecida, Pirapozinho, Paróquia Nossa Senhora do Carmo, Presidente Prudente e Quase-Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Teodoro Sampaio, respectivamente. Após a ordenação sacerdotal os neo-presbíteros serão acolhidos oficialmente nas mesmas paróquias que atualmente executam o serviço ministerial. O diácono Rafael Moreira Campos relata: “São 14 anos desde o dia do chamado. Chegar a ordenação sacerdotal é olhar para trás com gratidão. Sem dúvida recebi um dom imerecido. O sentimento é de felicidade por ter sido escolhido por Deus, mas ao mesmo tempo, um sentimento de satisfação por ter permanecido constante na caminhada”. O diácono Rafael Sotocorno destaca a alegria na conclusão dessa etapa: “Alegria de experimentar por meio da vocação o amor de Deus por mim e por cada pessoa. Alegria de servir a Deus e a Igreja através do ministério sacerdotal. Unido a alegria está o amor, a gratidão e o desejo de servir”. E o diácono Rodrigo Fernandes do Nascimento diz: “Depois de vários anos, com tantas experiências e momentos marcantes vividos, o sentimento é de gratidão, pois Deus nos conduziu até aqui, nos chamou, nos sustentou, nos formou. Agora podemos colocar nossa vida em suas mãos como oferta de amor”. A solene celebração Eucarística poderá ser acompanhada pelas redes sociais diocesanas (Facebook Diocese de Presidente Prudente) e seguirá todas as normas estabelecidas para o combate da pandemia. Nossas orações pelos novos sacerdotes da Diocese e pelas comunidades que os receberão! Tenham todos um rico pastoreio! (Autor: diácono Rafael Moreira Campos)

DIA DA TERRA: “Estamos no limite. É hora de agir”
Foi o que afirmou o papa Francisco em videomensagem transmitida no encontro organizado por ocasião do Dia Internacional da Terra (22/4). Para o pontífice, a adversidade que estamos vivendo com a pandemia, e que já sentimos com as mudanças climáticas, deve nos impulsionar a inovar, a inventar, a buscar novos caminhos. Não temos mais tempo para perder, como demonstram duas catástrofes globais: o clima e a Covid. O papa renovou o convite a agir para preservar o meio ambiente. A mensagem tem início com um apelo para não deixar cair no esquecimento as já conhecidas recomendações para cuidar do planeta. “Há tempos estamos nos conscientizando sempre mais de que a natureza merece ser protegida, também pelo simples fato de que as interações humanas com a biodiversidade de Deus devem ocorrer com a máxima atenção e com respeito. Aspectos estes que se tornaram ainda mais evidentes com a pandemia.”

Liturgia
4º Domingo da Páscoa
Leituras: Atos dos Apóstolos 4,8-12; Salmo 117/118; 1 João 3,1-2; João 10,11-18

I.- Antífona de Entrada: A terra está repleta do amor de Deus; por sua palavra foram feitos os céus, aleluia! (Sl 32,5s)
II.- UM PASTOR COM CORAÇÃO. Esperamos que as pessoas cuidadoras, especialmente quando lideram e servem, tais como médicos e outros do serviço sanitário, políticos, padres e outros ministros religiosos, dediquem-se com afinco aos que nelas confiam. Os cristãos não têm outro modelo senão Jesus, o Bom Pastor. Ele era todo coração para as pessoas, disposto a dar a vida por elas. Todos que assumem responsabilidades de cuidado deveriam ser como Ele: não frios funcionários, não meros cumpridores de horário, mas, leigos ou ordenados, pastores –com um coração–, totalmente dedicados e comprometidos ainda que à custa de si mesmos. Não nos esqueçamos de que a nós foi confiado o cuidado mútuo de uns para com os outros, como irmãos. Que Jesus nos inspire e nos guie sempre...
III.- Leituras: 1) Salvos no Nome de Jesus Ressuscitado. Pedro, destemido, confessa sua fé no Cristo Ressuscitado cujo nome curou um aleijado. Jesus é o nome pelo qual todos nos salvamos. 2) Realmente Filhos de Deus! Que somos filhos de Deus não é apenas um pensamento bonito, mas uma profunda realidade, quando estamos unidos a Jesus, Filho querido de Deus. Fato que só entenderemos no face a face com Deus. 3) Jesus, Nosso Bom Pastor. A imagem de um Pastor com suas ovelhas não nos é muito familiar, mas podemos compreender que Jesus entregou a sua vida por nós; como nosso Senhor Ressuscitado nos conduz e nos une, não pela força, mas pelo conhecimento pessoal e pelo amor a cada um de nós.
IV.- Oração: Deus eterno e todo-poderoso, conduzi-nos à comunhão das alegrias celestes, para que o rebanho possa atingir, apesar de sua fraqueza, a fortaleza do Pastor.
V.- Para o caminho: Deus nos ama. Estamos certos disso. Não somos estranhos a Ele. Ele está perto de nós em tudo quanto fazemos. Que Ele nos dê a graça de não sermos estranhos uns aos outros. Que sejamos pessoas que se edificam mutuamente com a bênção do Senhor.
 

Veja também