Apoena faz plantio de 100 mil mudas

Solenidade simbólica teve como palco a reserva florestal da associação, que possui 80 espécies de árvores

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 05/06/2020
Horário 07:18
Foto: Djalma Weffort/Cedida - Ao longo dos 20 anos, projeto alcançou o plantio de 1 milhão de mudas Foto: Foto: Djalma Weffort/Cedida - Ao longo dos 20 anos, projeto alcançou o plantio de 1 milhão de mudas

A Apoena (Associação em Defesa do Rio Paraná, Afluentes e Mata Ciliar) finalizou ontem o plantio de 100 mil mudas de árvores na Reserva Florestal Parque Apoena, em Presidente Epitácio. Com os devidos protocolos de distanciamento social, a solenidade simbólica no condomínio de reservas legais contou com a presença da Polícia Militar Ambiental, e fez alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente – celebrado hoje.

O ambientalista e presidente da Apoena, Djalma Weffort, conta que o local possui mais de 80 espécies arbóreas de mata atlântica, dentre elas o jatobá, jequitibá, candiúba, ingá e ipê. “[O evento] foi um marco para a conclusão desse plantio, em parceria com o Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária], ministérios públicos Federal, Estadual e Companhia Energética de São Paulo”, lembra o presidente.

Instituído no início dos anos 2000, o Parque Apoena é um condomínio de reservas legais de quatro assentamentos realizados pelo Incra. Localizado a menos de 10 km do centro de Epitácio, por estrada asfaltada, a gleba possui 945 hectares que margeiam a foz do Córrego do Veado e Rio Paraná, e protege várias espécies arbóreas e animais. Ao longo dos 20 anos, o projeto alcançou o plantio de 1 milhão de mudas que, conforme Djalma, contribuiu para o retorno da biodiversidade, fauna e flora. Inclusive, no ressurgimento de nascentes desaparecidas.

“Hoje, estamos colhendo os resultados do início”, salienta. “As comemorações da Semana do Meio Ambiente contribuem para a conscientização das pessoas sobre a importância da conservação da biodiversidade e podem ajudar a colocar um fim nos crimes contra a natureza”.

Ações intensificadas

Desde segunda-feira, a reportagem acompanha as ações da Polícia Militar Ambiental na Semana do Meio Ambiente. De acordo com o 1º sargento-PM José Antonio Simões Gouvea, da 3ª Companhia de Policiamento Ambiental, as ações estão sendo intensificadas para mostrar à sociedade os impactos do ser humano no planeta. “É uma forma de criar uma postura consciente no uso de recursos naturais de forma sustentável”, salienta.

“A polícia vem trabalhando diuturnamente no combate aos crimes ambientais, desenvolvendo trabalho nas modalidades de policiamento terrestre e náutico, ações que se desdobram tanto no campo de orientações de educação ambiental, quanto na representação na repressão ao crime propriamente dito”, explica, citando as notificações nas esferas administrativas e apresentações das ocorrências com base na Lei de Crimes Ambientais (9.605/98).

DICAS PARA PRESERVAR O MEIO AMBIENTE

- Economize água e energia;

- Não compre animais silvestres sem autorização;

- Evite hábitos consumistas, comprando apenas o necessário;

- Sempre que possível procure meios de transporte alternativos;

- Prefira comprar de empresas que apresentem responsabilidade socioambiental;

- Recicle mais;

- Não desperdice alimentos.

Fonte: Polícia Militar Ambiental

SAIBA MAIS

Presidente da Apoena é alvo de ameaças por mensagens

Prefeitura e Apoena iniciam plantio de ipê-roxo próximo ao Figueiral

Cerimônia marca 30 anos de atividades da Apoena

Incêndio consome 300 ha de reserva florestal e Apoena cobra investigação

Apoena acredita em rápida regeneração

Extração preocupa ONG Apoena

Membro da Apoena participa de conferência em Paris

Publicidade
eixosp

Veja também