Cohabão inicia atendimento de suporte respiratório 

Quinze novos leitos visam desafogar as UPAs e prestar assistência aos 28 pacientes que aguardam por vagas em hospitais; projeto tem apoio do poder público, empresas privadas e sociedade civil

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 12/03/2021
Horário 16:55
Foto: Weverson Nascimento
Pacientes com Covid, que aguardam vagas em hospitais, serão atendidos no Cohabão
Pacientes com Covid, que aguardam vagas em hospitais, serão atendidos no Cohabão

“Quanto vale uma vida?”. Essa pergunta, além de causar um grande questionamento interior, é também o nome do projeto que, em tempo recorde, trouxe esperança de dias melhores. Em apenas 14 dias, a Prefeitura de Presidente Prudente, em parceria com a 18ª Legislatura da Câmara Municipal, empresas privadas e a sociedade civil, orgulhosamente, equipou 15 leitos de suporte respiratório na UBS (Unidade Básica de Saúde) “Doutor Otelo Milani Junior”, conhecida popularmente como Cohabão.

Na manhã desta sexta-feira, após a liberação dos leitos, a iniciativa proporcionou amparo para aqueles que precisam de apoio e cuidados. A medida tem o objetivo de desafogar as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e prestar assistência aos 28 pacientes com sintomas leves e moderados de Covid-19, que aguardam por vagas em hospitais.

Com a liberação dos atendimentos, o Cohabão passa a assistir pacientes com Covid-19 que necessitam de transferência para um serviço especializado via Sistema Cross (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), desde que não necessitem de intubação. “Aqui atenderemos os pacientes que estão com Covid-19 e que precisam de suporte respiratório enquanto aguardam por uma vaga nos hospitais.

Então, a função desses leitos é minimizar a superlotação das UPAs”, explica o assessor da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Jefferson Saviolo. “Caso algum paciente evolua para intubação, os profissionais irão fazer o atendimento imediato e, logo em seguida, deverão encaminhá-lo para um hospital”, acrescenta.

A estrutura do pronto atendimento, que agora deu suporte às novas instalações, conta com quatro salas equipadas com torpedos de oxigênio, monitores multiparâmetros, bombas de infusão e outros equipamentos e insumos que serão essenciais no amparo aos pacientes acometidos pela doença. A equipe profissional de atendimento será formada através de uma parceria entre a Prefeitura e o Ciop (Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista)

A união em prol da vida, sem dúvidas, foi a grande propulsora deste projeto

Em prol da vida

Conforme noticiou este diário, a Sesau havia solicitado a colaboração da sociedade civil para que os atendimentos fossem iniciados o mais breve possível. A união em prol da vida, sem dúvidas, foi a grande propulsora deste projeto.

Em um balanço divulgado pela pasta, o município já havia recebido 17 camas com colchão, 17 mesas de cabeceira, 20 suportes para soro, 14 bombas de infusão, 13 monitores cardíacos multiparâmetros, 10 circuladores de ar, 10 biombos, 10 mesas auxiliares, 500 aventais, 180 lençóis, 175 fronhas, 20 travesseiros, 25 toalhas, uma geladeira, um bebedouro industrial, duas cadeiras de banho, duas macas de banho, três aparelhos de ar-condicionado, dois cilindros de oxigênio, dois respiradores, três macas de emergência e um carrinho de limpeza multifuncional.

Mudanças no local

A Sesau (Secretaria Municipal de Sáude) orienta que, durante o período de atendimento aos 15 leitos, o Pronto Atendimento do Cohabão será suspenso, porém, os atendimentos prestados pela UBS continuarão normalmente. No período noturno e finais de semana, a população deve dirigir-se aos outros pontos de atendimento de emergência, que são UPA Zona Norte, UPA Ana Jacinta e PA (Pronto Atendimento) Santana. Neste período emergencial, o atendimento odontológico será realizado somente no PA do Santana, das 19h às 23h, de segunda a sexta-feira, e aos sábados e domingos, das 7h às 19h.

Humanidade e solidariedade

Os doadores do projeto “Quanto vale uma vida?”, segundo a Prefeitura, são Água Santa Inês, Alto Alegre, Ana Negrão Bandeira, Andreia Restaurante, Associação das Acácias e Cavaleiros da Arte Real, Bevicred, Bom Sucesso Ar Condicionado, Buriti Empreendimentos, Célio Romero, Cesar Garanhani, Clínica de Fraturas e ortopedia São Lucas, Conselho de Veneráveis da Maçonaria Prudentina, Constrix Engenharia, Diretoria da Loja Maçônica Conciliação e Justiça, E Gestora - Sistema de Soluções, Eduardo Chesine, Energisa, Fábio Nunes, Far Extintores, Farmácia Santa Cataria, Força & Luz, Grampel Soluções para Escritório, Grupo de Empresários Lidera, Gustavo Rodrigues de Araújo, Havan, Incorporadora Mampei Funada, João Augusto de Souza, Laboratório Marlene Spir, Liane Alimentos, Luka Imóveis, Mariana Pretel, McDonald´s, MedLab, Núcleo Premium, Oeste Saúde, Paulo Kozar, Pauma Empreendimentos Imobiliários, Real Center, Rede de Postos Prudentão, Ricardo Forli, Rodrigo Marins e Amigos, Rodrigo Teixeira, Salvatore Cosméticos, Sam’s Club, Security, Sergio Forli, Servgas Distribuidora de Gás, Sicoob Paulista, Studio Publicidade, VCom Tecnologia e Wolney de Medeiros Arruda Filho.
A Prefeitura também recebeu um repasse da Câmara Municipal no valor de R$ 50 mil. A Sam’s Club, empresa do Grupo Big, anunciou a doação de R$ 150 mil. A empresa atua na modalidade do clube de compras e tem uma unidade prevista para ser inaugurada em Prudente ainda neste mês.
No entanto, os parceiros do projeto não contribuíram apenas com doações de materiais ou insumos, eles contribuíram para salvar vidas. Hoje, alguém carrega mais essa esperança para cura, a fim de voltar para casa e continuar sendo o amor da vida de alguém. 

Foto: Weverson Nascimento

posto cohabão em presidente prudente está equipado para receber pacientes com covid que aguardam vagas em hospitais
Cohabão conta com quatro salas equipadas para suporte respiratório

SAIBA MAIS

Leitos do Cohabão para suporte respiratório começam a funcionar a partir desta sexta

Prefeitura inicia instalação de leitos de suporte respiratório no Cohabão

Veja também