Criado o Fundo Estadual de Segurança Pública

Contexto Paulista

COLUNA - Contexto Paulista

Data 30/11/2019
Horário 04:55

Os deputados estaduais aprovaram projeto de autoria do Executivo que cria o Fundo Estadual de Segurança Pública, assim como o Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social. O objetivo do Fundesp é armazenar recursos para serem empregados em projetos e atividades voltados à segurança pública e ao combate à violência. O fundo será gerido pelo conselho, que deve ser formado por representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Militar, entre outras entidades. Com a instituição dos órgãos, será possível receber recursos do fundo nacional do setor. Agora, o projeto segue para sanção do governador João Doria.

Telas de proteção

A obrigatoriedade da instalação de telas de proteção nos espaços abertos e aéreos dos presídios do Estado foi determinada pela Lei 17.210/2019. O objetivo é impedir que objetos sejam arremessados de fora para dentro das unidades, assim como impossibilitar o pouso de drones e VANTs (veículos aéreos não tripulados) nos locais. O Estado de São Paulo possui 173 unidades prisionais entre 86 penitenciárias, 46 Centros de Detenção Provisória, 15 Centros de Progressão Penitenciária, 22 Centros de Ressocialização, uma unidade de Regime Disciplinar Diferenciado e três hospitais. A instalação das telas deverá ser feita nas áreas destinadas a banho de sol e recreação.

Medicina paulista

Um estudo produzido pelo Laboratório de Investigação Médica da Disciplina de Urologia da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) conseguiu identificar pacientes com câncer de próstata a partir do exame de amostras de urina. Além de permitir o diagnóstico de modo não invasivo, a técnica também possibilitou a análise da agressividade do tumor, fundamental para determinar o melhor tratamento. Agora, o próximo passo é a validação das descobertas. Os pesquisadores buscam financiamento para um novo projeto de pesquisa que terá como objetivo comprovar se os resultados encontrados se repetem em uma população diferente da estudada até então.

Ciência paulista

Entre outras pautas, a Assembleia Legislativa discute no momento políticas públicas voltadas ao desenvolvimento tecnológico do Estado. Em São Paulo existem 169 instituições públicas ou sem fins lucrativos que atuam com ciência e tecnologia. O Estado possui aproximadamente 17 mil empresas inovadoras que investem em pesquisas para criar ou aprimorar algum produto.

No ar

O superintendente do Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo), Antônio Claret de Oliveira, informou que a previsão de investimentos privados para melhorias em aeroportos regionais é em torno de R$ 300 milhões. 22 aeroportos provavelmente passarão para a iniciativa privada em 2020.

Fauna protegida

O deputado Emidio de Souza protocolou projeto de lei para garantir que as rodovias que forem construídas no Estado de São Paulo possam conter passagens de fauna. A proposta visa preservar a fauna no entorno das rodovias paulistas, dar mais segurança para os animais e, consequentemente, diminuir o número de atropelamentos. Estimativa do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estrada da Universidade Federal de Lavras aponta São Paulo como o Estado com maior número de animais atropelados.

De vento em popa

  • O Icec (Índice de Confiança do Empresário do Comércio), medido pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), teve alta de 0,5% na passagem de outubro para novembro deste ano. O indicador atingiu 122,5 pontos, o que representa uma alta de 11,6% na comparação com novembro do ano passado. “É o terceiro mês consecutivo de alta. O principal foco foram as condições atuais da economia, que também cresceram pelo terceiro mês”, diz a economista Catarina Carneiro da Silva.
  • Já o Índice de Confiança da Indústria, medido pela FGV (Fundação Getulio Vargas), avançou 1,7 ponto na passagem de outubro para novembro deste ano. É o maior nível desde maio de 2018 (97,2 pontos). A confiança dos empresários avançou em 15 dos 19 segmentos industriais pesquisados em novembro. O Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, subiu 2,9 pontos, para 96,8 pontos, o maior nível desde abril de 2019 (97,4 pontos). O Índice de Situação Atual, que mede a confiança no momento presente, cresceu 0,4 ponto, para 95,8 pontos. Segundo a pesquisadora da FGV Renata de Mello Franco, “o avanço de novembro foi expressivo e bastante disseminado entre os setores industriais”.

Investimento em Limeira

De acordo com o Valor Econômico, a empresa paulista Papirus está investindo R$ 25 milhões em sua unidade de Limeira, a fim de dobrar sua produção e o oferecimento de produtos manufaturados a partir de matéria-prima reciclada. Atualmente, a Papirus trabalha com mais de 200 gráficas e convertedores no Brasil, que fornecem embalagens para grandes marcas, principalmente nas indústrias alimentícia, farmacêutica e cosmética. Na unidade de Limeira, a produção de cartões deve chegar a 94 mil toneladas em 2019, e ter alta de 11,7% no ano que vem, chegando a 105 mil toneladas, e a 114 mil em 2021.

Publicidade
eixosp

Veja também