Degradação ambiental gera multa de R$ 26,1 mil a infratores

Em propriedade rural de Rosana, dois homens foram autuados por danificarem vegetação nativa em área de reserva e agropastoril

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 04/06/2020
Horário 11:50
Polícia Militar Ambiental - Fiscalizações são reforçadas desde o começo da semana Foto: Polícia Militar Ambiental - Fiscalizações são reforçadas desde o começo da semana

Na quarta-feira, dois homens foram autuados por degradação ambiental em Rosana. Juntas, as multas aos infratores totalizaram R$ 26.160.

Durante a Operação Semana do Meio Ambiente, a base operacional da Polícia Militar Ambiental no município verificou e fiscalizou áreas de uma propriedade rural. No local, o policiamento constatou que o autor direto e o indireto danificaram a vegetação nativa em área de reserva legal mediante o uso de fogo.

Além disso, também fizeram uso de fogo em área agropastoril.

Diante do flagrante, foram elaborados os respectivos autos: dois autos de infração ambiental por danificar vegetação nativa em área de reserva legal (0,648 hectares) no valor de R$ 4.860 cada; e dois autos por fazer uso de fogo em área agropastoril (8,220 hectares) no valor de R$ 8.220.

Conforme a Polícia Militar Ambiental, desde o começo da semana estão reforçadas as ações de fiscalização na área rural dos municípios da região em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia 5 de junho.

SAIBA MAIS:

Veja também