Publicidade

Evento fomenta plantio da batata-doce

“Dia de Campo” apresentou tecnologias e inovações no cultivo da cultura na região de Prudente

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 07/08/2020
Horário 04:28
Weverson Nascimento  - Prudente é a 2ª maior região do Brasil que mais produz batata-doce Foto: Weverson Nascimento  - Prudente é a 2ª maior região do Brasil que mais produz batata-doce

A região de Presidente Prudente é reconhecida pelo desenvolvimento da cultura da batata-doce. No Estado de São Paulo, lidera o primeiro lugar na produção; e o segundo no Brasil. A fim de fortalecer os vínculos e mostrar inovações no plantio, a organização do Batatec (Feira Tecnológica da Batata-Doce) realizou ontem, em  Pirapozinho, o Dia de Campo.
O evento faria parte da abertura da feira, cancelada devido à pandemia. Marcelo Costilho Jorge, coordenador do Batatec, explica que no começo do ano, empresas e produtores de batata-doce foram convidados para participar do experimento, cada qual responsável por uma área. “A ideia é mostrar a condição real do campo, com melhorias genéticas na questão de cultivo das ramas e condição tecnológica no trato do solo”, expõe. 
Diante da proposta, cada participante fez o seu preparo e condição de plantio, resultado analisado pela organização. De acordo com a coordenadora do evento, Lucy Rocha, é avaliada a qualidade, quantidade de produção e característica do produto. “Apresentamos novas tecnologias no quesito fertilizante e herbicida, estamos criando condições de planejamento de safras e alternativas até mais sustentáveis, visando o custo-benefício”, salienta. “Isso aumenta a rentabilidade e a produtividade, que é o que o produtor espera”.
Para o engenheiro agrônomo, Luiz Eduardo Deizeppi Olivo, assistente técnico comercial de uma multinacional que participou do evento, o trabalho foi “satisfatório”. “Esse período do ano não é muito favorável à cultura da batata-doce. Mesmo com temperaturas baixas, que acabam prejudicando o desenvolvimento, tivemos um excelente desenvolvimento”, afirma o engenheiro, que acompanhou quinzenalmente a evolução do plantio. 

MESMO COM TEMPERATURAS BAIXAS, QUE ACABAM PREJUDICANDO O DESENVOLVIMENTO, TIVEMOS UM EXCELENTE DESENVOLVIMENTO
Luiz Eduardo Deizeppi Olivo

Solidariedade junto ao HRCPP

Depois de analisadas, as batatas produzidas serão higienizadas e vendidas. Segundo a organização, o valor financeiro, dividido pelo custo de produção, será doado ao HRCPP (Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente). Francelino Magalhães, presidente do HRCPP, conta que recebeu a visita da comissão do Batatec, e agradece a parceria. “Esses ‘padrinhos’ são muito importantes para o hospital”, afirma. “No ano passado, a exposição foi parceira, e renovamos esse contato que tem ajudado o hospital a voar mais alto”. 
O resultado do valor doado será apresentado em uma live no dia 27 de agosto, no canal do Batatec no YouTube. Na oportunidade, será gerado um QR Code para que o internauta possa doar outros valores à instituição. 

SAIBA MAIS
De acordo com Marcelo Costilho Jorge, na região de Presidente Prudente, atualmente existem cerca de 3 mil pessoas trabalhando diretamente ou indiretamente com a batata-doce, desde o plantio à colheita.

Fotos: Weverson Nascimento 

Marcelo Costilho Jorge Batatec Dia de Campo Pirapozinho
Costilho lembra que plantio iniciou no começo do ano

Lucy Rocha Batatec Dia de Campo Pirapozinho
Lucy fala sobre como é avaliada cada produção

Luiz Eduardo Deizeppi Olivo Batatec Dia de Campo Pirapozinho
Luiz é engenheiro e participou da proposta do Dia de Campo

MAIS INFORMAÇÕES

Batata-doce: sinônimo de versatilidade

Potencial da batata-doce: do plantio à cadeia produtiva

Pesquisas podem revolucionar cultura regional da batata-doce

Cadeia produtiva da batata-doce será tema debatido por especialistas

Produção de batata-doce movimenta R$ 100 mi ao ano na região de PP

Veja também