Incêndios impactam na biodiversidade regional

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 19/09/2020
Horário 04:15
Arquivo - Djalma lembra que o comportamento precisa mudar Arquivo - Djalma lembra que o comportamento precisa mudar Imagem: Arquivo - Djalma lembra que o comportamento precisa mudar

Os impactos das queimadas no meio ambiente são visíveis, pincipalmente no céu. Em algumas regiões, o brilho do sol ficou ofuscado por uma nuvem cinzenta de fumaça, o que preocupa pela questão da saúde humana, uma vez que as pessoas inalam o ar poluído; e também pela biodiversidade, a mais afetada durante os incêndios. 
Para o ambientalista Djalma Weffort, presidente da Apoena (Associação em Defesa do Rio Paraná, Afluentes e Mata Ciliar), a prática de queimadas é uma realidade “muito séria”. “[Temos] uma perda muito grande para a natureza, meio ambiente e pessoas”, lamenta. “A região possui poucas áreas protegidas, e esses incêndios reduzem ainda mais essa proteção”, afirma. 

UMA PERDA MUITO GRANDE PARA A NATUREZA, MEIO AMBIENTE E PESSOAS
Djalma Weffort

Assim como o Corpo de Bombeiros, o ambientalista lembra que boa parte das ações são praticadas pelo homem, seja por diversão ou descuido. “O fogo não surge sozinho, a não ser em algumas condições. Mas, presentemente esses incêndios foram provocados pelo homem, que precisa mudar o comportamento”, ressalta. 

SAIBA MAIS

Região tem aumento significativo em queimadas

Veja também