Inova Prudente pleiteia título de Centro de Inovação Tecnológica

Aprovação poderá trazer benefícios ao oeste paulista, já que a região estaria no radar do Estado para uso da infraestrutura local e o networking a favor da inovação e desenvolvimento

PRUDENTE - GABRIEL BUOSI

Data 27/09/2020
Horário 07:08
Arquivo - Inova Prudente pode ser reconhecida como Centro de Inovação Tecnológica Arquivo - Inova Prudente pode ser reconhecida como Centro de Inovação Tecnológica Imagem: Arquivo - Inova Prudente pode ser reconhecida como Centro de Inovação Tecnológica

A Fundação Inova Prudente, de Presidente Prudente, solicitou um credenciamento junto ao Estado de São Paulo para que seja reconhecida como CIT (Centro de Inovação Tecnológica), espaço criado para estimular o crescimento e competitividade das micro e pequenas empresas, por meio do avanço tecnológico, além de articular em um só lugar a pesquisa, inovação e o mercado. Caso o reconhecimento ocorra, a fundação poderá integrar a Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica e auxiliar no desenvolvimento regional de forma ampla. 
De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, adaptado às condições e necessidades locais, o Centro de Inovação Tecnológica concentra e oferece um conjunto de mecanismos e serviços de suporte ao processo de inovação das empresas, promovendo ainda a interação entre empreendedores e pesquisadores para o desenvolvimento de setores econômicos. “Não basta ter um espaço de inovação tecnológica, como já ocorre em Prudente, é preciso agora do reconhecimento para que vantagens sejam agregadas a esse trabalho incrível que já desempenhamos”, afirma o secretário de Tecnologia da Informação de Presidente Prudente, Rogério Marcus Alessi
Entre as vantagens, é possível citar a articulação com os oito Centros de Inovação Tecnológica do Estado, sendo que os mais próximos estão em Bauru e Marília, o fato de que a região poderá se tornar atrativa às empresas visionárias e a conquista de laboratórios e equipamentos. “Com isso, a Fundação Inova Prudente, a cidade e a região estariam no radar do Estado de São Paulo, que poderia usar a infraestrutura local e o networking a favor da inovação e desenvolvimento”, afirma Rogério Alessi.
Para que isso ocorra, no entanto, foi preciso comprovar, por meio de relatórios, uma série de exigências do Estado, que foram entregues há aproximadamente 10 dias.

Processo em análise

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo informou que o credenciamento no Sistema Paulista de Ambientes de Inovação da Fundação Inova Prudente já está sob análise e lembrou que a documentação, para integrar a Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica, foi protocolada em 18 de setembro na Coordenação de Ciência, Tecnologia e Inovação e que “a pasta tem até a primeira quinzena de outubro para deliberação”.

SAIBA MAIS

Após 180 dias, Fundação Inova reabre coworking para atividades

Inova vence prêmio Raps e será apresentada em conferência da ONU

Inova Prudente inaugura Hotel de Projetos Inovadores

Veja também