Liminar determina suspensão de visitas em todas as penitenciárias do Estado de SP

Ação foi ingressada pelo Sindicato dos Agentes de Segurança Pública do Estado para preservar a saúde dos servidores diante da pandemia da Covid-19.

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 01/03/2021
Horário 08:21
Foto: Arquivo

Na sexta-feira, o TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) publicou uma liminar que determina à SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) a suspensão das visitas em todas as unidades prisionais. A ação foi ingressada pelo Sindasp (Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo) para preservar a saúde dos servidores diante da pandemia da Covid-19.

No documento, a juíza Gilsa Elena Rios, do Foro Central da Comarca de São Paulo, afirma que a decisão é baseada em caráter excepcional e em razão do agravamento da disseminação do vírus que culminou na reclassificação de fases de diversas regiões no Estado de São Paulo, que nas palavras da magistrada, “indica o agravamento da transmissão da doença e a capacidade dos hospitais em suportar o atendimento aos infectados pelo Covid-19”.

“É notório que o ambiente dos presídios, com superlotação e concentração de pessoas contribui para o agravamento da disseminação, e medidas como controle de acesso são paliativas e não evitam o risco maior decorrente do contato destas visitas com os presos e agentes penitenciários”, expõe.

“Diante do caráter excepcional, entre salvaguardar o direito à vida e à saúde e assegurar o direito do preso à visita, prevalece o primeiro, considerando que se trata de medida temporária e que poderá ser restabelecida quando as condições voltarem a ser propícias para tanto e houver vacinação em massa, sem colocar em risco a vida e a saúde das pessoas”.

Ainda no documento, a juíza lembra que a restrição às visitas não visa assegurar apenas a saúde e a vida dos servidores estaduais, mas preservar a vida e a saúde dos visitantes e dos presos.

Pasta aguarda notificação

Em nota encaminhada a O Imparcial, a Secretaria da Administração Penitenciária afirma que não foi notificada da decisão.

"Importante destacar que o protocolo de retomada das visitas em presídios de forma gradual e controlada cumpre rigorosamente todas as determinações do Centro de Contingência do Coronavírus, inclusive para a fase vermelha do Plano São Paulo", expõe.

SAIBA MAIS

Após casos de Covid, SAP suspende visitas em penitenciárias da região

SAP suspende visitas em mais duas penitenciárias

Liminar suspende visitas a penitenciárias da região

Familiares pedem retorno de visitas presenciais

Veja também