Polícia autua homem em R$ 12 mil por maus-tratos e morte de cão 

Além de estarem abandonados há mais de uma semana, animais também estavam desnutridos 

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 19/07/2021
Horário 09:48
Foto: Polícia Militar Ambiental
Além de abandonados, animais também estavam desnutridos
Além de abandonados, animais também estavam desnutridos

A Polícia Militar Ambiental autuou um morador de Presidente Venceslau por maus-tratos e morte de um cachorro. Os animais foram recolhidos no sábado, após denúncia de que estavam abandonados há mais de uma semana. 

Ao receber a informação, os militares compareceram ao endereço, juntamente com uma médica veterinária da ONG (organização não-governamental) ADAPV (Associação dos Defensores de Animais de Presidente Venceslau). 

O dono da residência, 23 anos, que também é proprietário dos cachorros, autorizou a entrada da equipe e acompanhou o procedimento de vistoria e análise dos animais. De acordo com a guarnição, foi constatado o crime de maus-tratos a dois cães, que estavam desnutridos. Eles foram apreendidos e destinados à ONG. 

Conforme uma fotografia registrada anteriormente e enviada à polícia, outro cão havia morrido no local, mas quando a equipe chegou, ele já não estava mais no imóvel.

Segundo a polícia, foi lavrado um auto de infração ambiental no valor de R$ 12 mil, em conformidade ao artigo 32 da Lei Federal 9605/98 e artigo 29 da Resolução SIMA 05/21.

Polícia Militar Ambiental - Fotografia mostra cão morto perto da casinha 


Polícia Militar Ambiental - Homem recebeu auto de infração no valor de R$ 12 mil 

SAIBA MAIS

Praticar maus-tratos a animais resulta em penas de detenção e reclusão

Veja também