Presidente do Crea-SP sobre gestão de resíduos: “debate em conjunto”

Vinicius Marchese Marinelli está em Prudente para participar do 1º Fórum de Engenharia e Desenvolvimento Regional 2021, que continua neste sábado

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 28/08/2021
Horário 06:12
Foto: Weverson Nascimento
Vinicius destaca importância de contribuir com o poder público 
Vinicius destaca importância de contribuir com o poder público 

O presidente do Creas-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo), Vinicius Marchese Marinelli, chegou ontem a Presidente Prudente para abrir oficialmente o 1º Fórum de Engenharia e Desenvolvimento Regional 2021, que tem o objetivo de discutir os desafios da gestão de resíduos sólidos para as cidades modernas, buscando soluções para um futuro mais sustentável para a sociedade. Com o fórum, os gestores públicos terão acesso aos projetos desenvolvidos no âmbito do reaproveitamento de resíduos sólidos e seus benefícios, como reciclagem, geração de energia, e criação de novos empregos. Além disso, contarão com apoio sobre os mecanismos para elaborar e contratar os serviços via licitação. 
A ideia do evento, segundo o presidente do Crea-SP, é promover um debate acerca do assunto, ou seja, trazer à tona as discussões, referências e bons exemplos, uma vez que cada região tem uma característica diferente. “A ideia é promover um debate com especialistas e iniciar um processo de transformação para solução dos problemas da gestão de resíduos sólidos das cidades”, detalha Vinicius. “A engenharia tem a função de resolver problemas, por isso buscamos discutir como os profissionais ou o Crea-SP, como instituição, podem ajudar no debate e na possível solução. Então, a  inciativa do fórum é fazer com que as pessoas se ‘envolvam nos problemas’ dos municípios”, acrescenta.
O Crea-SP, segundo ele, ajuda sendo um indutor de soluções e debates para que se consiga transformar e impactar a vida das pessoas de modo geral. Para isso, atualmente conta com inspetores que auxiliam na fiscalização e na exigência de profissionais em todas as atividades técnicas e, que, inclusive, podem dar luz aos problemas enfrentados pelos municípios no que diz respeito à gestão de resíduos sólidos. “O Crea-SP não consegue mudar ou trazer soluções e projetos se estiver distante do poder público. Então, a ideia é realmente debater isso em conjunto”, enfatiza. 
Vinicius também destaca que a região de Presidente Prudente tem muito material humano disponível e que pode ser bem aproveitado para o desenvolvimento da região. 

SAIBA MAIS
O 1° Fórum de Engenharia e Desenvolvimento Regional é uma iniciativa do Crea-SP, junto com a Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Presidente Prudente e o Instituto Transforma. O encontro também conta com apoio institucional da Amnap (Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista), FCT/Unesp (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista), IPEEA (Instituto Paulista de Entidades de Engenharia e Agronomia), Mútua – SP e da Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema). 

PROGRAMAÇÃO DE HOJE

- 9h – Recepção
- 9h30 – Case Instituto Transforma: Responsabilidade Social no Tratamento dos Resíduos Sólidos
- 10h30 – Intervalo
- 11h – Panorama Regional Unesp - Parcerias para a Educação Ambiental
- 12h – Almoço
- 13h30 – Painel: Responsabilidade Legal e Penalidades
- 14h30 – Discussão e painel de dúvidas: Taxa de Lixo, Transbordo e Recursos Financeiros;
- 16h – Encerramento.
Fonte: Organização do evento

MAIS INFORMAÇÕES

Tem início hoje fórum de engenharia e desenvolvimento regional

Prudente sediará fórum de engenharia e desenvolvimento regional do Crea-SP

Veja também