SAP retoma encontros presenciais entre familiares e presos

Visitas estavam suspensas desde março, por decisão da Justiça em decorrência do cenário da Covid-19

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 07/07/2021
Horário 14:06
Foto: Arquivo
As visitas ocorrerão por um período máximo de duas horas
As visitas ocorrerão por um período máximo de duas horas

A SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) anunciou hoje que a partir deste final de semana, serão retomadas as visitas presenciais nos 178 presídios que administra no Estado de São Paulo. De acordo com a pasta, o retorno gradual e controlado seguirá normas rígidas. Porém, a visitação em determinada unidade poderá ser suspensa temporariamente, o que vai depender do cenário de novos casos de Covid-19 no estabelecimento.

As visitas estavam suspensas desde março, devido à decisão da Justiça. A liminar foi acatada por ação ingressada pelo Sindasp (Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo), a fim de preservar a saúde dos servidores diante da pandemia da Covid-19. No ano passado, também estiveram impedidas de serem realizadas no período que durou entre março e novembro.

Na época, com a volta das visitas, a Administração Penitenciária divulgou regras rígidas a serem seguidas e, desta vez, não foi diferente. Segundo a SAP, é permitida a entrada restrita de apenas uma pessoa por reeducando, desde que cadastrada no rol de visitas.

A visitação também está limitada a maiores de 18 anos, sendo que pessoas com 60 ou mais ou integrantes de grupo de risco poderão entrar somente se apresentarem comprovante de esquema vacinal completo para Covid-19 e após o período de, ao menos, 20 dias da aplicação da segunda dose, ou quando for caso, da dose única. 

Para as pessoas que tiverem entre 18 e 59 anos, não haverá exigência de comprovante de vacinação. De acordo com a SAP, o visitante deverá portar somente a carteirinha de visitante, o documento de identificação com foto e o comprovante de vacinação contra a Covid-19 e, se for o caso, será vedada a entrada de quaisquer outros objetos.

Aos visitantes, será obrigatório o uso de máscara. Para evitar possível contaminação, não serão permitidos contatos físicos entre custodiados e familiares. Caso haja o descumprimento, estarão sujeitos às medidas de suspensão temporária de visitação.

Cronograma de visitas

As visitas ocorrerão por um período máximo de duas horas (das 9h às 11h e das 13h às 15h), divididos entre os finais das matrículas dos reeducandos (pares e ímpares) e mediante divisões de pavilhões (pares e ímpares), conforme cronograma abaixo. 

Os presídios em que os pavilhões são divididos por letras seguem as mesmas regras, considerando como “pares” os pavilhões B e D e H, e “ímpares” os pavilhões A e C.

Os Centros de Ressocialização, Hospitais de Custódia e Alas de Seguro serão considerados pavilhão único, sendo as visitas realizadas em finais de semana intercalados e aos sábados com reeducandos (as) com matrículas com final ímpar e domingos matrículas com final par. 


Reprodução/SAP - Confira o cronograma do final de semana dos dias 10 e 11 de julho

SAIBA MAIS

Liminar suspende visitas a penitenciárias da região

SAP prepara plano para retomar visitas presenciais

Sindasp pede que suspensão de visitas em presídios seja mantida

Covid ataca mais servidores que presos na região de Prudente

Veja também