Inova Prudente integra Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica

Estado reconheceu a instituição com Centro de Inovação Tecnológica e credenciou a unidade prudentina para integrar a RPCITec

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 09/10/2020
Horário 04:00
AI da Fundação Inova Prudente - Fundação Inova Prudente: CIT abre portas e atrai investimentos ao município
AI da Fundação Inova Prudente - Fundação Inova Prudente: CIT abre portas e atrai investimentos ao município

Nesta semana, a Fundação Inova Prudente, de Presidente Prudente, deu mais um importante passo para o desenvolvimento da capital do oeste paulista, após ser reconhecida pela Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo como CIT (Centro de Inovação Tecnológica), além de ser credenciada para integrar a RPCITec (Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica) do Estado. A Resolução 32/2020 foi assinada no dia 2 de outubro, publicada no Diário Oficial, e reconhece a Fundação de Educação, Pesquisa e Inovação “Vicente Furlanetto” como um espaço criado para estimular o crescimento e competitividade das micro e pequenas empresas, por meio do avanço tecnológico, além de articular em um só lugar a pesquisa, inovação e o mercado.
CIT é um espaço criado para estimular o crescimento e competitividade das micro e pequenas empresas. Adaptado às condições e necessidades locais, o empreendimento concentra e oferece um conjunto de mecanismos e serviços de suporte ao processo de inovação das empresas, promovendo a interação entre empreendedores e pesquisadores para o desenvolvimento de setores econômicos. Nesse sentido, a RPCITec foi criada para disseminar a cultura da inovação nos municípios, estimulando a instalação de centros locais. O centro pode operar laboratórios, fornecer serviços de apoio tecnológico e certificação da qualidade, verificação de produtos e processos, entre outras atividades. Pode prever a formação de mão de obra especializada com o apoio de outras entidades do Estado, bem como estar associada às incubadoras de empresas de base tecnológica, acrescenta a Secretaria Estadual de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação.

"CIT" em Prudente

Ter um CIT no município, segundo a Inova, não mexe somente com os ânimos dos empreendedores e pesquisadores, mas também abre portas e atrai investimento. Os centros credenciados têm acesso a créditos, apoio institucional e novas conexões com outros ecossistemas e CITs do Estado. De acordo com o secretário municipal de Tecnologia da Informação e presidente do Conselho Curador da Fundação, Rogério Marcus Alessi, essa é uma conquista coletiva e um legado para toda região. “Com este credenciamento, a Fundação Inova Prudente passa a fazer parte da rede do Estado, ou seja, o que é produzido aqui poderá ser compartilhado com as outras instituições, assim como podemos compartilhar projetos, pesquisas e ações desenvolvidas pelos demais CITs”. “Agora são nove Centros de Inovação Tecnológica credenciados no Estado de São Paulo: Jundiaí, Marília, Indaiatuba, Guarulhos, Bauru, Rio Claro, Guarujá, Embraer e agora Presidente Prudente”, acrescenta o secretário.
Para receber o credenciamento, a entidade gestora, como é chamada a pessoa jurídica que cuida do centro, neste caso, a Fundação Inova Prudente, teve que demonstrar que articula a pesquisa com negócios, e que auxilia a cadeia produtiva que leva (e ajuda levar) inovação às empresas. Também foi necessário demonstrar que é um agente transformador de conhecimento e pesquisa em inovação, e que essa inovação consegue chegar como benefícios para a sociedade. “Não basta apoiar ou realizar a pesquisa, é preciso que ela se transforme em produtos ou serviços, e que a sociedade possa se beneficiar. Além disso, é indispensável que seja capaz de se articular com demais players do ecossistema, como são chamados outros integrantes, ou seja, uma entidade que articula e trabalha em conjunto, que auxilia nos processos de terceiros, e que agrega valor”, acrescenta a instituição. A unidade também deve demonstrar capacidade de gestão, ter um projeto sustentável e estar inserida num ambiente que contenha todos os elementos necessários para o seu desenvolvimento.

Novos projetos

Agora credenciada para integrar a Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica do Estado, a Fundação Inova Prudente planejará o Parque Tecnológico, conforme adianta o secretário. Segundo o Estado, são empreendimentos para a promoção de ciência, tecnologia e inovação, que oferecem oportunidades para as empresas transformarem pesquisas em produtos, aproximando centros de conhecimento (universidades, centros de pesquisas e escolas) do setor produtivo (empresas em geral). Esses ambientes propícios para o desenvolvimento de empresas de base tecnológica e para a difusão da ciência, tecnologia e inovação, estimulam a sinergia de experiências entre as empresas, tornando-as mais competitivas.
Em reunião virtual com o subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo, Marcos Vinícius de Souza, a fundação foi informada que estão previstos investimentos de R$ 60 milhões para os centros de inovação credenciados no Estado em 2021, e parte destes recursos podem ser investidos na Inova Prudente.

SAIBA MAIS

Inova publica edital do programa Hotel de Projetos Inovadores

Inova Prudente pleiteia título de Centro de Inovação Tecnológica

Após 180 dias, Fundação Inova reabre coworking para atividades

Inova vence prêmio Raps e será apresentada em conferência da ONU

Veja também