Região de Prudente avança no plano de flexibilização 

Atividades consideradas como não essenciais, como o comércio e shoppings, poderão abrir a partir de quarta-feira, com as restrições impostas pela fase laranja

REGIÃO - GABRIEL BUOSI

Data 11/07/2020
Horário 07:00
Reprodução/AI do Estado de SP - Região avançou, por mais duas semanas, no plano de flexibilização Foto: Reprodução/AI do Estado de SP - Região avançou, por mais duas semanas, no plano de flexibilização

A região de Presidente Prudente avançou no Plano São Paulo para a fase laranja, o que permite já na semana que vem, a partir de quarta-feira, a reabertura de algumas atividades consideradas como não essenciais, como o caso do comércio, desde que ainda cumpram com algumas restrições impostas. “A nova atualização marca o retorno gradual da normalidade, resgata a nossa esperança e alimenta nosso otimismo”, afirmou o governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB). O uso de máscara segue obrigatório e as demais medidas de prevenção ainda são recomendadas, como o distanciamento social. 
A nova atualização tem validade até o dia 30 de julho, isso porque, a cada 14 dias são feitos novos anúncios e sobre como as regiões devem se comportar em relação à retomada de atividades econômicas. No oeste paulista, o DRS (Departamento Regional da Saúde) 11 de Presidente Prudente, com 43 municípios, e o DRS-9 de Marília, que conta com 10 cidades da região, avançaram de fase na nova atualização. Ou seja, os 53 municípios poderão voltar a flexibilizar as atividades da economia. 
Na coletiva em que foram apresentadas as informações, o governador do Estado lembrou que um dos fatores que possibilitaram o avanço de praticamente todo o Estado foi o fato de que os números, de forma geral, apresentaram estabilidade em relação aos novos casos e também óbitos por causa da Covid-19, o que faz com que o pico da doença comece a se distanciar da realidade. “Isso não significa que devemos relaxar, pelo contrário, é preciso atenção redobrada para manter o controle da pandemia no Estado”, afirmou Doria. 
Em nível de informação, ontem, a ocupação de leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para Covid-19 na região de Presidente Prudente era de 65,67%, enquanto que os leitos Covid-19 para cada 100 mil habitantes estava com uma média de 7,6.

Conquista regional

O presidente da Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema)Jorge Duran Gonçalez, afirmou que o avanço de fase, nesse momento, é reflexo do esforço conjunto das lideranças regionais e disse que a medida representa um “pequeno alento” ao comércio, que “agonizava na fase vermelha”. “Precisaremos continuar trabalhando, com o apoio da população, para que, diminuindo o número de casos de doentes, consigamos avançar ainda mais”. Ele finalizou ao dizer que esse deve ser o objetivo de todos, indistintamente, ou seja, combater a Covid-19, bem como defender um dos setores mais importantes da economia regional.

PRECISAREMOS CONTINUAR TRABALHANDO, COM O APOIO DA POPULAÇÃO, PARA QUE, DIMINUINDO O NÚMERO DE CASOS DE DOENTES, CONSIGAMOS AVANÇAR AINDA MAIS
Jorge Duran Gonçalez

A reportagem procurou o presidente da Amnap (Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista), Edmar Mazucato, para repercutir o avanço dos 10 municípios do DRS de Marília, mas não recebeu um posicionamento até o fechamento desta matéria. 

Foto: Reprodução/AI do Estado de SP 


Anúncio foi feito ontem durante coletiva pelo governo estadual 

 Alguns setores da economia podem abrir na fase laranja, desde que com restrições

SAIBA MAIS

Bugalho anuncia setores e regras para reabertura

Academias de Prudente reabrem, na fase amarela 

Região poderá passar para a fase laranja a partir de segunda, afirma Bragato

Em nova atualização, municípios dos DRSs de Prudente e Marília permanecem na fase vermelha

Oeste paulista seguirá na fase vermelha do Plano São Paulo

Fase vermelha: 10 cidades da Nova Alta Paulista retrocedem

10 municípios da Nova Alta Paulista retrocedem para a fase vermelha

Veja também