Trabalhadores da Prudente Urbano voltam ao trabalho de forma integral

Semob informa que transporte retomou com 70% das linhas em funcionamento, assim como ocorria antes da paralisação

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 01/06/2021
Horário 19:52
Foto: Arquivo/Roberto Kawasaki
Após paralisação, trabalhadores do transporte coletivo de Prudente retomaram atividades
Após paralisação, trabalhadores do transporte coletivo de Prudente retomaram atividades

Após a realização de audiência de conciliação nesta segunda-feira, os trabalhadores do transporte coletivo de Presidente Prudente retomaram as atividades de forma integral no município, conforme apurado pela reportagem. Na tarde desta terça-feira, a Semob (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Cooperação em Segurança Pública) informou que o transporte coletivo já retomou com 70% das linhas em funcionamento, assim como ocorria antes da paralisação. Paralelamente, a pasta informa que está para concluir o relatório referente ao serviço prestado nesses seis primeiros meses da atual gestão municipal,  que servirá de base para eventuais medidas a serem adotadas em relação ao transporte coletivo da cidade. 
Pelo segundo dia seguido, a reportagem solicitou um posicionamento para empresa Prudente Urbano , contudo, não recebeu até o fechamento desta edição. O presidente do Sintrattepp (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Terrestres de Presidente Prudente e Região), Wagner Schiavão, também foi procurado, mas as ligações não foram completadas. 

Audiência de conciliação

Na sexta-feira, a Justiça do Trabalho assinou o documento em que determinava a retomada parcial do serviço prestado pelos trabalhadores da Prudente Urbano. Nesta segunda-feira, também ocorreu uma audiência de mediação e conciliação sobre a situação enfrentada pelos trabalhadores do transporte coletivo e a empresa Prudente Urbano junto ao TRT-15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região). Dentre as propostas apresentadas que incitaram pelo fim da greve está o pagamento imediato do equivalente à antecipação de 20% da folha de salários de todos os empregados da empresa, a destinação de todo o saldo de arrecadação da empresa para o pagamento dos direitos trabalhistas vencidos e a vencer; entre outras medidas.
No mesmo dia, a Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da Semob, informou que, durante a audiência de conciliação, a administração municipal apresentou as ações que têm realizado com o objetivo de contribuir com a concessionária de transporte coletivo, dado o caráter essencial do serviço. Entre as quais pode-se destacar a suspensão da cobrança de outorga desde o ano passado, reconhecendo a situação de crise financeira vivida pela concessionária em decorrência da pandemia. 
No entanto, o município salientou que exige como contrapartida a melhoria na prestação do serviço aos usuários e cumprimento integral do contrato. 

SAIBA MAIS

Justiça do Trabalho determina retomada parcial do transporte coletivo urbano

Paralisação no transporte coletivo entra para o terceiro dia

Entra para o segundo dia a paralisação do transporte coletivo urbano, em PP

Prefeitura de PP autoriza que vans façam transporte coletivo durante paralisação dos ônibus

Funcionários do transporte coletivo urbano realizam paralisação em Presidente Prudente

Veja também