Edifício em Prudente é o 1º da cidade a receber carregador de veículo elétrico compartilhado

Empresa de inovação, de Minas Gerais, instalou no Edifício Neo Petrópolis, da Construtora Mampei Funada, em Prudente, nova tecnologia para carregamento de carros elétricos

PRUDENTE - CAIO GERVAZONI

Data 14/11/2021
Horário 04:00
Foto: Freepik
Empresa de inovação Incharge, de Minas, é a responsável pela tecnologia para carregamento de carros elétricos
Empresa de inovação Incharge, de Minas, é a responsável pela tecnologia para carregamento de carros elétricos

 A empresa de inovação Incharge - especializada na produção de carregadores para veículos elétricos - de Santa Rita do Sapucaí (MG), instalou no Edifício Neo Petrópolis, da Incorporadora Mampei Funada, um carregador compartilhado para esta modalidade sustentável de carro, que está em ascensão. Este é o primeiro empreendimento a receber esse tipo de carregamento em Presidente Prudente
Prudentino e engenheiro da Incharge, Cláudio Orlandi Lasso pontua que o mundo está em constante e rápida evolução. “No Brasil, já existem mais de 10 mil veículos híbridos ou elétricos puros. Em Presidente Prudente, já estão rodando diversos desses veículos”, argumenta o engenheiro em relação a um novo paradigma de mobilidade, especialmente, “na forma de abastecimento dos futuros veículos”. 

Carregadores inteligentes

Cláudio explica que o sistema de controle de carga Incharge garante que a energia consumida pelo conjunto de carregadores não sobrecarregue a infraestrutura elétrica do prédio. O engenheiro aponta que, além de a Incharge fabricar carregadores inteligentes para praticamente qualquer marca ou padrão de conexão de veículos elétricos, a empresa desenvolveu um aplicativo. “É semelhante ao Waze, que informa em tempo real ao usuário a localização exata e a disponibilidade dos postos de carregamento existentes em tempo real, além de muitas outras facilidades, como a possibilidade de reserva de carregadores em dia e hora marcados, para o melhor planejamento de traslados ou viagens”. 
Por fim, Cláudio descreve que o maior desafio para a engenharia de veículos elétricos é desenvolver baterias menores, mais leves e com maior capacidade de carga, o que dará maior autonomia aos mesmos. “As pesquisas atuais estão focadas nas baterias de lítio, mas há um crescente investimento em baterias à base de grafeno e à base de células de hidrogênio originado de fontes como o etanol”. 

Expectativa é que, em 2025, Brasil terá uma frota de mais de 100 mil veículos deste segmento
ABVE

Avaliação da Mampei Funada

O diretor da Mampei Funada, Renato Funada, fala sobre o quesito que despertou o interesse da empresa para a instalação da nova tecnologia. “Nossa empresa procura sempre estar na vanguarda das tendências mundiais. E uma dessas tendências atuais, com certeza, é o carregamento para carros elétricos. Acreditamos que, em breve, teremos muita demanda para esse tipo de veículo em nossos empreendimentos, pois cada vez mais será uma tecnologia que fará parte do nosso dia a dia”, considera. 

Frota de elétricos

Segundo a ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), estima-se que, em dezembro de 2020, a frota brasileira de veículos elétricos tenha atingido em torno de 42,3 mil destes modelos, entre híbridos e elétricos puros, o que representa mais de 1% da frota nacional. De 2019 ao ano passado, também se constatou que as vendas de novos modelos elétricos apresentaram um crescimento de 66%. Seguindo este ritmo, em 2025, o Brasil terá uma frota de mais de 100 mil veículos deste segmento. 

Foto: Cedida

edifício neo petrópoles da mampei funada é o primeiro de presidente prudente a disponibilizar carregamento compartilhamento para carros elétricos
Primeiro empreendimento de PP a receber esse tipo de carregamento é o Edifício Neo Petrópolis

SAIBA MAIS

Mampei Funada completa 20 anos com o olhar no futuro

Família Funada, nos 20 anos da Mampei

Mampei celebra os seus 20 anos de conquistas

Prefeito visita Mampei Funada

Mampei Funada e projetos para 2021

Mampei Funada se destaca por inovação

Veja também